Tudo Sobre A Dieta Proteica: O que é, Benefícios, Como fazer, Alimentos Permitidos

392
0. dieta proteica

O cardápio que prioriza a ingestão de proteínas oferece muitas vantagens para o organismo, já que esse é um excelente nutriente.

Então, aprenda tudo sobre a dieta proteica: o que é, benefícios, como fazer, alimentos permitidos conferindo o artigo a seguir.

O que é a dieta proteica

1. ovo quebrado

A proteína é um nutriente encontrado não só nas carnes como muitas pessoas pensam, mas em demais alimentos, inclusive, de origem vegetal, como é o caso da lentilha, do feijão, do grão de bico, da ervilha e de outras opções chamadas de leguminosas.

Além disso, está presente em todos os tipos de carne, tanto de aves e peixes quando na chamada carne vermelha, bem como nos ovos e nos laticínios.

Porém, só comer fontes de proteína não é uma atitude inteligente, pois todos os grupos alimentares são necessários.

Isso quer dizer que, além de fontes de proteína, você deve comer alimentos ricos em carboidratos também, bem como os que possuem boas gorduras e toda a variedade de legumes, frutas e verduras, além das sementes.

No entanto, ao fazer a dieta proteica, a ideia é que os alimentos que possuem maior concentração do nutriente sejam ingeridos em maior quantidade, mesmo assim, isso não quer dizer exagero.

Além disso, essa dieta é mais indicada a algumas pessoas.

Entre elas, quem pratica atividades físicas com frequência, inclusive, exercícios de força, como musculação e querem aumentar a sua massa muscular.

É uma dieta indicada ainda a quem deseja ou precisa fortalecer os seus músculos.

Benefícios da dieta proteica

2. beneficios da dieta proteica

Como se pode imaginar, um dos principais benefícios da proteína é o fato de fortalecerem a massa muscular.

No caso de quem pratica musculação, a explicação é que ao praticar essa atividade, é possível dizer que os músculos (formados por proteína) sofrem desgaste.

Assim, ao ingerir mais esse nutriente consegue-se compensar a proteína gasta durante os treinos.

Mas possui demais benefícios.

Outro grupo que se beneficia especialmente da dieta proteína são os idosos, uma vez que na medida em que se envelhece se perde massa magra.

No entanto, idosos também devem incluir em seu cardápio todos os demais grupos alimentares para garantirem o consumo dos nutrientes necessários para que vivam com saúde.

Já quem deseja emagrecer encontra um aliado.

A proteína colabora com o emagrecimento porque depois que ela é ingerida, o corpo tem que trabalhar mais e por mais tempo para que possa ser digerida.

Isso significa que, além de fazer com que o organismo queime mais calorias, também sacia a fome por período maior.

Como funciona a dieta proteica

3. almoco peixe proteina

Existem diferentes versões da dieta proteica, sendo que as mais conhecidas são a dieta Dukan, a dieta Atkins e a dieta paleolítica.

De forma geral, elas indicam o alto consumo de proteínas e a baixa ingestão de carboidratos.

Isso é indicado porque quando os carboidratos, que fornecem energia para o funcionamento do organismo, são pouco consumidos, quem faz esse tipo de dieta começa a produzir uma maior quantidade dos chamados corpos cetônicos.

Os corpos cetônicos são o resultado da queima de gordura corporal, o que ajuda a emagrecer.

Assim, é usada como combustível para o corpo a gordura acumulada e não mais os carboidratos, pois deixam de ser ingeridos.

Esse mecanismo é como um módulo de segurança.

Ele é usado pelo corpo quando o mesmo não recebe mais as quantidades adequadas de nutrientes.

É por isso que as pessoas que fazem greve de fome conseguem ficar sem comer por alguns dias até que comecem a passar mal.

Além disso, ao diminuir a quantia de carboidratos, reduz também a retenção de líquidos do organismo, evitando o inchaço, que pode refletir até mesmo na balança.

Como fazer a dieta proteica

4. carne

Agora que você conheça o funcionamento da dieta proteica pode avaliar melhor se pode fazê-la.

Quando se quer perder peso, recomenda-se uma alimentação saudável, sem excessos e bastante nutritiva.

Embora seja motivo de polêmica, nem todo mundo concorda com o alto consumo de proteínas, pois os carboidratos também são importantes ao organismo.

Além disso, até que o corpo comece a queimar as gorduras acumuladas são normais os efeitos colaterais.

Entre eles, dor de cabeça, tonturas, tremores, irritabilidade e outros.

Por isso, pode ser mais adequada iniciar aos poucos, reduzindo o carboidrato e incluindo mais proteína de forma gradativa.

Algumas dietas proteicas indicam isso, além de serem feitas por períodos curtos.

Também é importante conversar com o seu médico antes de iniciar a dieta.

Pessoas com alguma doença ou que tomam remédios regularmente não devem seguir esse cardápio, nem mesmo mulheres grávidas ou que estejam amamentando.

Alimentos permitidos na dieta proteica

peixe alimentos

Basicamente, todos os alimentos ricos em proteínas podem ser ingeridos nessa dieta, entre eles estão os seguintes:

  • Carnes: todos os tipos, como de boi, porco e aves;
  • Peixes: atum, bacalhau, sashimi e demais variedades;
  • Frutos do mar: camarão, siri, mexilhões, lagosta, caranguejo e outras opções;
  • Laticínios: manteiga, leite, iogurte, queijo, etc.
  • Ovos;
  • Oleaginosas: feijões, lentilhas, grão de bico e outras, sendo que algumas dietas restringem esse grupo alimentar.

Também podem ser ingeridos outros grupos alimentares:

  • Verduras: cebola, alface, agrião, espinafre, salsa, repolho, chicória, couve-flor, folha da couve, brócolis, acelga, aspargos e outros;
  • Legumes: tomate, cenoura, pimentão, abobrinha, rabanete, quiabo, pepino, nabo, vagem, chuchu, berinjela, etc.
  • Cogumelos;
  • Gelatina dietética;
  • Sal e especiarias;
  • Azeitona;
  • Azeite de oliva;
  • Limão

Quanto às bebidas, é importante ingerir ao menos dois litros de água todos os dias, além de chás, café com moderação, água com gás e água tônica.

Os alimentos que devem ser evitados são os carboidratos e as frutas, já que algumas possuem mais quantidade de carboidratos e açúcares.

Porém, também são alimentos que podem fazer falta no cardápio diário.

Já os alimentos industrializados devem ser evitados, sendo que a sua ausência na dieta apenas deixa a sua vida mais saudável.

Além de pouco nutritivos, possuem muitas calorias, bem como sal, açúcar e aditivos químicos em excesso.

Da mesma forma, refrigerantes e outras bebidas gaseificadas com sabor, bem como águas com sabor, sucos de caixinha, sucos em pó e outros também devem ser evitados.

Tudo Sobre A Dieta Proteica: O que é, Benefícios, Como fazer, Alimentos Permitidos
Avalie este post!