Dicas para Emagrecer

9 Dicas para Emagrecer Testadas e Aprovadas Pelos Médicos

9 Dicas para Emagrecer Testadas e Aprovadas Pelos Médicos

Cada pessoa que busca por dicas para emagrecer estar passando por uma situação diferente. Pensando nisso, criei essa página para que você fique informada sobre as top 9 dicas para emagrecer testadas e aprovadas pelos médicos e todos os nossos artigos sobre o tema: dicas para emagrecer.

Esta página estará em constante atualização e melhorias.

Então, volte mais vezes para continuar acompanhando:

Índice do conteúdo: [[Exibir]]

1. Como emagrecer com saúde

como-emagrecer-com-saude

Diferente do que muitas pessoas podem achar como emagrecer com saúde consiste em se alimentar bem e com frequência. A perda de peso se dá, portanto, à redução de calorias ingeridas por dia, mas quando são escolhidos os melhores alimentos, ou seja, os mais nutritivos. Desse modo, menos calorias significa mais qualidade nas refeições.

Além disso, o ideal é fazer de cinco a seis refeições diárias, assim, além do café da manhã, almoço e janta, você deve fazer lanches entre elas. No entanto, em todos esses momentos o certo para perder peso é consumir porções menores.

Desse modo, o organismo vai sempre receber alimentos e estar trabalhando constantemente, isto é, queimando calorias.

Leituras recomendadas:

Muitas horas sem comer

Se você ficar muitas horas sem comer, o seu corpo entende que você está passando por dificuldades em encontrar alimento e, por isso, começa a estocar energia (gordura), caso haja novos períodos longos sem comida. Esse é um tipo de mecanismo de segurança que o corpo desenvolveu ao longo dos séculos.

Pense que há milhares de anos a disponibilidade de alimentos não era como hoje em dia, não existiam mercados, por exemplo.

Mesmo com as mudanças na sociedade, o organismo ainda age como se passássemos por pestes que dizimavam a produção de alimentos. O melhor para comer com mais frequência e mesmo assim emagrecer, entretanto, exige alguns cuidados. Como:

Evitar os alimentos industrializados

Entre eles, o de evitar os alimentos industrializados que por serem muito processados são poucos nutritivos, além de serem ricos em sal, açúcar, gorduras ruins e produtos químicos.

É preciso apostar nos alimentos ricos em fibras, como os vegetais e os cereais integrais, que saciam a fome por mais tempo, assim como as proteínas.

As proteínas também são importantes porque elas demoram mais para serem digeridas, o que faz com que a fome demore mais para reaparecer, além disso, por exigir mais trabalho do corpo ajuda a queimar mais calorias.

Como você pode ver comer a cada 3 horas significa que o seu gasto calórico será maior e, por consequência, você vai perder peso.

2. Como emagrecer em uma semana

Como Emagrecer Em Uma Semana

Perder peso rapidamente não é o mais indicado para o organismo, pois quando muitos quilos são eliminados em um curto espaço de tempo significa que a pessoa reduziu drasticamente o consumo de calorias, o que não é saudável para o corpo.

Leituras recomendadas:

Além disso, se você tiver uma deficiência nutricional por ingerir poucos alimentos, logo que você voltar a comer um pouco mais o seu corpo vai, mais uma vez, estocará mais gordura do que precisa, causando o ganho de peso.

Por isso que as dietas restritivas funcionam no começo e depois os quilos perdidos são ganhos de novo.

Cuidados com dietas restritivas

Também é normal de numa dieta restritiva a pessoa emagrecer vários quilos e depois estancar o emagrecimento, mesmo que continue comendo menos.

Esse é mais um mecanismo do organismo, a fim de evitar que ele definhe com a falta de alimentos. Ou seja, quando o corpo percebe que está perdendo peso muito rápido diminui o seu metabolismo.

Com isso, ele consegue evitar a queima de calorias, pensando, mais uma vez, que a pessoa está sem acesso a alimentos. No entanto, quem deseja saber como emagrecer em uma semana deve apostar na reeducação alimentar para que o emagrecimento seja gradual.

Elimine o excesso de comida do cardápio

Quem está muito acima do peso porque come muito mais do que precisa vê logo a diferença apenas ao eliminar o excesso do cardápio.

Uma dica é pensar sobre o motivo que leva você a ter a necessidade de comer além do suficiente.

Em geral, isso se deve à ansiedade e para resolver o problema desde a sua origem é preciso identificar o que lhe deixa ansioso.

Isso não apenas vai promover qualidade de vida como também ajudar a emagrecer. Assim, além de comer mais vezes por dia em porções menores, não se sirva mais quando estiver satisfeita. Para tanto, é preciso saber diferenciar a fome da vontade.

O autocontrole aqui é fundamental.

3. Como emagrecer o rosto

Quem deseja saber como emagrecer o rosto deve saber que, muitas vezes, o rosto mais “cheinho” é uma consequência da retenção de líquidos. Por outro lado, é preciso considerar ainda que muitas pessoas têm naturalmente o rosto mais gordinho e isso faz parte da sua estrutura.

Quem está acima do peso também vai perceber que engordou no rosto, assim, ao perder os quilinhos a mais, automaticamente, o seu rosto vai ficar mais fino.

Mas quando apenas o rosto está mais “cheinho” possivelmente a causa é a retenção de líquidos. E para resolver o impasse basta evitar hábitos que causem o problema e apostar nos alimentos que o evitam.

Reduza a quantidade de sal

Reduzir a quantidade de sal dos alimentos é a principal forma de combater a retenção de líquidos e emagrecer o rosto. Mas não basta diminuir a quantidade de sal que você usa ao preparar as refeições, é preciso ainda comer menos produtos industrializados, que sempre possuem muito sal.

Outra dica é não temperar a salada com sal, um hábito muito comum, sendo mais apropriado e gostoso usar o azeite de oliva e especiarias, como pimenta, orégano e outros. Os vegetais todos são diuréticos, o que ajuda a eliminar os líquidos acumulados do organismo, bem como as suas toxinas.

Frutas, verduras e legumes

Frutas, verduras e legumes ricos em água são os mais indicados, como:

  • Morango
  • Melão
  • Melancia
  • Maçã
  • Pera
  • Alface
  • Agrião
  • Salsa
  • Salsão
  • Folha da couve
  • Abobrinha
  • Pepino e outros.

Alimentos ricos em cálcio

Os alimentos ricos em cálcio também são diuréticos, então, você pode consumir com moderação os laticínios que mais gostar.

Espinafre, brócolis e sementes de gergelim são outras fontes de cálcio que devem fazer parte do seu cardápio diário, já que possuem muitos nutrientes importantes para a saúde.

Outra dica apara combater a retenção de líquidos é apostar nos sucos detox, os quais combinam legumes, verduras e frutas.

Acrescente limão e gengibre às receitas também.

4. Como emagrecer a barriga

Como Emagrecer A Barriga

Reduzir a gordura do abdômen também passa pelos cuidados a fim de evitar a retenção de líquidos, pois muitas vezes como emagrecer a barriga consiste apenas em diminuir o seu inchaço.

No entanto, outra dica muito eficiente é apostar nos alimentos termogênicos, que são aqueles que ao serem ingeridos fazem com que a temperatura do corpo aumente.

Quando isso acontece, o metabolismo acelera e a queima de calorias é maior.

O ideal, portanto, é sempre incluir os alimentos termogênicos nas suas refeições, os quais são muito versáteis. Entre eles, é possível destacar o limão, o gengibre, a canela, as pimenta, os pimentões, o alho, o chá verde, o chá de hibisco, o chá preto, o vinagre de maçã, o óleo de coco e a água gelada.

A versatilidade do limão

O limão é bastante versátil, assim como o gengibre, com o qual é possível fazer chás, além de acrescentar às receitas de sucos, chás e mesmo como tempero para comidas.

Da mesma forma acontece com os pimentões e com as pimentas, que entram na culinária nas suas mais diversas versões. O alho é outro alimento que pode ser usado para temperar receitas de todos os tipos.

Enquanto isso, a canela fica deliciosa quando polvilhada em sucos, chás, iogurtes e frutas.

Com o vinagre de maçã e com o óleo de coco você pode temperar saladas, já os sucos termogênicos caem bem a toda a hora, menos antes de dormir, pois possuem cafeína.

No entanto, é a água, que pode ser gelada, que deve estar mais presente na sua vida, que deve ser ingerida ao menos dois litros por dia. Com ela é possível fazer várias receitas de sucos detox.

Leituras recomendadas:

5. Como emagrecer o braço

Como Emagrecer O Braco

Quem está cuidando da alimentação para emagrecer e está perdendo peso consegue reduzir as medidas de todas as partes do corpo, inclusive, onde existe excesso de gordura acumulada.

Se os seus braços estiverem mais gordinhos, então, eles vão entrar junto com as outras partes no emagrecimento.

Para saber como emagrecer o braço de forma mais eficiente a quem deseja inclusive reduzir a sua flacidez é preciso apostar também nas atividades físicas que trabalhem principalmente essa região. Dessa forma, além de emagrecer os braços eles se tornarão mais tonificados e definidos.

Musculação

A musculação em aparelhos na academia é muito eficiente, com a vantagem que no local é possível contar com o acompanhamento de um profissional capacitado, que vai indicar o melhor treino. No entanto, mesmo em casa você pode fazer exercícios que ajudem a trabalhar a musculatura dos braços.

Os movimentos que melhor trabalham os braços são as flexões e os apoios, que você pode fazer com a ajuda de uma cadeira.

Levantar peso também é muito importante, sendo possível comprar pequenos halteres em lojas esportivas para treinar os braços em casa. No entanto, como perder peso no braço consiste também em emagrecer, ao apostar nos exercícios aeróbicos a queima de calorias ocorre de forma geral no corpo.

Mais exercícios

Caminhadas, corridas, andar de bicicleta, pular corda, subir e descer escadas e dançar são exercícios que promovem um alto gasto de calorias. Assim, você pode intercalar os exercícios aeróbicos com o de força para um treino completo.

Quem estava sedentário, entretanto, deve começar com poucas repetições e intensidade reduzida e aos poucos intensificar o treino.

Além disso, é necessário se exercitar com frequência, todos os dias se possível, nem que seja por meia hora apenas.

3x por semana para atividades físicas

Se não for possível é necessário ao menos se dedicar às atividades físicas no mínimo três vezes por semana para que você possa ver algum resultado. Por outro lado, malhar em excesso também não é bom para o corpo, ainda mais se o seu treino for intenso.

Nesse caso, o ideal é deixar o corpo ter uma folga uma vez por semana para descansar, quando é possível somente caminhar, a quem não quiser ficar sem fazer nada.

Esteja sempre bem hidratado

Outras dicas são fundamentais na hora de se exercitar, como estar bem hidratado, o que, aliás, deve ser feito durante todo o dia, mesmo quem não faz atividades físicas.

Faça alongamentos antes dos exercícios

É essencial ainda alongar bem todo o corpo antes de iniciar uma atividade física e se ela for intensa é preciso passar depois para o aquecimento. Por fim, não se esqueça de estar vestido com roupas leves e confortáveis e quando a malhação for na rua, além de calçados apropriados, é preciso estar protegido do sol.

6. Como emagrecer com limão

Como Emagrecer Com Limao

O limão é um dos alimentos termogênicos mais versáteis, já que ele pode estar presente no dia a dia de uma série de maneiras, como em chás, sucos, temperando pratos e muito mais.

Por isso, como emagrecer com limão é fácil, sendo importante ainda lembrar que todas as variedades dessa fruta são bem vindas, sejam as mais cítricas ou as mais doces.

Embora seja muito eficiente usar o limão nas receitas de suas refeições, é possível também potencializar os benefícios da fruta valendo-se de alguns truques para consumir mais.

Segredo metabolismo acelerado

Uma dica é beber o suco de meio limão com água morna de manhã, sendo que se isso for feito em jejum, 15 minutos antes do café da manhã, o seu metabolismo vai acelerar já nas primeiras horas do dia.

Como reduzir o apetite com limão

Outra dica para usar o limão, mas com o intuito de reduzir o apetite é misturando o suco de um limão a lascas de gengibre esmagadas e uma pitada de sal.

A combinação, para fazer o efeito desejado, deve ser ingerida uma hora antes das principais refeições do dia, por uma semana. No entanto, quem possui problemas gástricos deve usar a fruta moderadamente.

Receitas de sucos desintoxicantes

O limão pode ser consumido ainda em receitas de sucos desintoxicantes, sendo que você pode escolher os vegetais que preferir e, ao final, acrescentar algumas gotas de limão.

Uma sugestão de receita de suco detox consiste em bater no liquidificador um limão inteiro, uma xícara de uvas sem semente, água gelada e folhas e talos de hortelã. Depois, basta coar, acrescentar uma colher de chá de farelo de aveia e beber.

Outra sugestão de receita de suco detox com limão consiste em uma unidade dessa fruta, mais o suco de três laranjas, duas rodelas de gengibre, uma colher de chá de sementes de linhaça e três folhas grandes de couve. Depois de bater tudo no liquidificador e coar, basta beber.

Ambas as receitas ajudam no combate à retenção de líquidos, desinchando a barriga.

7. Como emagrecer amamentando

Como Emagrecer Amamentando

Quem está no período pós-parto e quer saber como emagrecer amamentando, saiba que o próprio ato de dar de mamar ao seu bebê não é só de amor, como também uma forma muito eficiente de emagrecer.

Isso acontece porque para produzir o leite materno o corpo trabalha bastante, ou seja, gasta muita energia e, por consequência, queima as calorias.

No entanto, para garantir ao seu filho todo o leite do qual precisa a mulher deve ingerir muito líquido, inclusive água. Com isso, a sua produção de leite é maior. Sucos naturais feitos na hora com frutas maduras e frescas sem açúcar e os chás também são grandes aliados na produção de leite.

Evite chás com cafeína

No entanto, ao escolher os chás evite os que possuem cafeína, como é o caso do chá verde, do branco, de hibisco, do preto, do mate e de outros.

Lembre-se que tudo o que você consome enquanto estiver amamentando é repassado ao seu filho por meio do leite e a cafeína não é uma substância saudável para o bebê.

Desse modo, no período lactante é indicado que a mulher reduza até mesmo o consumo de café. Além disso, cuidar do bebê já é por si só uma forma de emagrecer, uma vez que um filho requer muitos cuidados, assim, a mãe sempre está se movimentando, além de segurá-lo, o que funciona como uma musculação para os braços.

O mesmo acontece quando se sai para passear com o seu bebê, sendo que nessa hora caminhar pela vizinhança ou em um parque levando o carrinho da criança também é outra maneira de se exercitar. Por tudo isso, a mulher que amamenta deve ainda ter uma alimentação saudável e equilibrada, evitando os alimentos e bebidas industrializadas.

8. Como emagrecer dormindo bem

Dicas Para Emagrecer

Muitas pessoas, mesmo que façam exercícios físicos e se alimentem de forma adequada, nem sempre dão a atenção necessária que uma boa noite de sono merece.

O organismo precisa descansar de forma apropriada durante uma média de oito horas todos os dias. Isso não é apenas importante para o corpo funcionar bem, mas também para perder peso.

Assim, como emagrecer dormindo bem consiste ainda em ter uma rotina que permita a pessoa sempre se deitar por volta do mesmo horário. Isso ajuda o sono a ser melhor, evitando insônia e demais problemas para “pregar os olhos”.

Coma 4 horas antes de dormir

Para evitar essas situações, é recomendado que se coma ao menos quatro horas antes de ir dormir.

Caso contrário, a digestão dos alimentos pode ser prejudicada pelo sono e vice-versa.

Também é recomendado que na janta sejam ingeridos os alimentos mais leves e que os carboidratos sejam consumidos com moderação. Quem tem problemas para pegar no sono pode beber um chá calmante, como de camomila, erva cidreira ou erva Luiza ou mesmo um copo de leite morno.

Um banho morno e relaxante também é um ótimo aliado na hora de pegar no sono mais facilmente. O ideal ainda é que ao se deitar o quarto esteja escuro e que não haja barulhos, nem mesmo a televisão ou de outros aparelhos ligados, sendo que eles podem prejudicar a qualidade do seu sono.

A ajuda dos hormônios

Quando se fala em como emagrecer dormindo, os hormônios possuem um papel fundamental. Primeiro, é preciso entender que dormir emagrece porque nesse período as gorduras são mais facilmente transformadas em energia, evitando o seu acúmulo.

Além disso, ao ter uma boa noite de sono, os níveis de cortisol diminuem.

Esse hormônio é um dos responsáveis pelo corpo estocar gordura. Mas não é apenas ele que está associado ao sono e ao emagrecimento. A leptina, quando o organismo está bem descansado, colabora com o reconhecimento de satisfação depois de comer, fazendo com que as pessoas comam menos.

Já o cortisol é um hormônio que, quando dormimos bem, regula o apetite, evitando a vontade de comer. Enquanto isso, a grelina ajuda a sentir fome na hora certa quando estamos bem descansados. Por fim, o chamado hormônio do crescimento (hgh) ajuda a reduzir a gordura do corpo quando temos uma boa noite de sono.

9. Como emagrecer na gravidez

Como Emagrecer Na Gravidez

Existem muitas mulheres que se perguntam como emagrecer na gravidez, porque costumam ganhar alguns quilinhos. Porém, é importante saber que é extremamente normal e até mesmo saudável a mulher ganhar peso durante a gravidez.

Isso não quer dizer que ela possa duplicar o seu peso porque está comendo por dois.

Leitura recomenda: Como Perder A Barriguinha Pós-Parto Com Segurança

Boa alimentação para a mamãe

No entanto, é fundamental que a gestante alimente-se bem para oferecer ao seu bebê todos os nutrientes que ele necessita, inclusive, o ácido fólico e o ferro.

Esses nutrientes podem ser obtidos por meio da alimentação saudável, sendo que em alguns casos pode ser preciso tomar suplementos alimentares, o que deve ser prescrito pelo seu médico.

Emagrecer na gestação é indicado?

Por causa disso tudo, nem sempre é indicado emagrecer durante a gestação, a não ser que a mulher esteja muito acima do seu peso.

Nesse caso, é preciso reduzir a quantidade de comida ingerida por dia, além de apostar em uma alimentação rica em cereais integrais e vegetais, os quais são ricos em fibras e, assim, ajudam a saciar a fome por mais tempo.

Proteínas magras e boas gorduras também devem ser ingeridas na medida certa.

Para o organismo estar sempre bem nutrido a mulher precisa comer de cinco a seis vezes por dia, sempre em porções reduzidas. Assim, além do café da manhã, almoço e janta pode fazer lanches nutritivos entre as principais refeições do dia.

Essa dica é, aliás, importante a todas as pessoas que desejam ter uma alimentação saudável e equilibrada. É danoso à saúde permanecer muitas horas sem comer. Se isso acontecer o organismo vai começar a acumular gordura para evitar ficar sem energia nos períodos de jejum prolongado.

Leia nossos outros posts sobre alimentação e dietas.

Usar Cinta Abdominal Ajuda a Perder Barriga? Guia Revela Tudo Agora

Usar Cinta Abdominal Ajuda a Perder Barriga? Guia Revela Tudo Agora

Muitos homens e mulheres sempre estão em busca de um corpo mais bonito e atraente, tanto para sentirem-se bens consigo mesmos quanto para ajudar na hora da conquista. Hoje em dia, é vendido um grande número de produtos que garantem o emagrecimento rápido. Veja:

Eles prometem, inclusive, a perda dos quilinhos a mais na região do abdômen, famoso por facilmente acumular as gordurinhas localizadas, que tanto incomodam e são mais difíceis de perder, principalmente, após a chegada à casa dos 30 anos.

Um acessório bastante procurado, especialmente, pelo público feminino, é a cinta abdominal.

Atualmente, ela é facilmente encontrada, tanto em lojas de lingerie e demais peças de vestuário quanto em lojas especializadas.

Mas, afinal, será mesmo que usar cinta abdominal ajuda a perder barriga?

Para saber qual a resposta dessa pergunta, reunimos todas as informações sobre o assunto, as quais vão ajudar você a decidir se vale a pena investir em uma cinta de barriga.

Confira as dicas lendo esse artigo até o final e tire todas as suas dúvidas a respeito do tema.

Vamos lá!

Conheça Cinta Abdominal Vibratória Redutor de Medidas

Índice do conteúdo: [[Exibir]]

Será mesmo que cinta para perder barriga funciona?

Ter uma cintura fina é o desejo de muitas mulheres que sabem como essa é uma característica valorizada esteticamente.

No entanto, também é importante para a saúde evitar que os quilinhos a mais se acumulem ao redor do abdômen.

Vale lembrar que a gordura, quando se torna excessiva nessa região, é considerada um fator de risco para muitas doenças, como os problemas de coração, diabetes, pressão alta e outros.

Isso porque a gordura abdominal, também chamada de gordura visceral, prejudica o bom funcionamento dos órgãos internos.

Claro que existe uma grande diferença entre estar com alguns quilinhos a mais na região da cintura e estar com excesso de gordura a ponto de se tornar perigosa para a saúde.

No entanto, quem possui propensão a ganhar peso na região do abdômen deve desde cedo se cuidar.

E, então, usar cinta ajuda perder barriga?

A verdade é que a cinta abdominal pode auxiliar a modelar a cintura, sendo que ela é um acessório que comprime o abdômen, deixando-o mais liso, mas isso acontece apenas enquanto a pessoa estiver usando a cinta.

Mesmo as cintas de barriga para uso prolongado, que prometem a redução de medidas, conseguem somente remodelar a cintura, sem que haja uma perda de peso.

De qualquer forma, ela é útil e pode ajudar a alcançar os objetivos desejados quando tiver como aliados uma alimentação saudável e as atividades físicas. Veja:

Alimentação equilibrada e exercícios físicos

A questão é que perder os quilinhos a mais de partes do corpo específicas, de maneira isolada, não é possível, nem mesmo quando se trata em reduzir as medidas da cintura.

O que pode ser feito sim é aliar um cardápio equilibrado com a prática de exercícios físicos.

Uma alimentação de qualidade vai evitar o ganho de peso e até mesmo a redução no médio prazo dos quilinhos a mais.

Assim, se você ingerir menos calorias do que gasta, causando um déficit calórico, o organismo começa a usar a gordura acumulada como energia.

Para potencializar esse trabalho e conseguir resultados no curto prazo, é importante aliar à rotina as atividades físicas.

Com isso, a queima de calorias será maior porque o corpo estará exigindo muita quantidade de energia.

Portanto, usar cinta para ajudar a perder barriga apenas vai funcionar se além de vestir o acessório por um tempo prolongado você começar a ter uma alimentação saudável e praticar exercícios físicos eficientes que promovam um alto gasto energético.

Conheça Cinta Abdominal Vibratória Redutor de Medidas

Cinta para barriga – tudo que você precisa saber

Já que a preocupação em manter o corpo em forma é prioridade para um grande número de homens e mulheres, a mesma atenção se deve ter ao escolher as técnicas utilizadas para alcançar os seus objetivos.

Informação é o que você tem de mais importante em suas mãos na hora de optar por isso ou por aquilo.

Desse modo, é de extrema necessidade que você esteja muito bem informado sobre tudo o que diz respeito ao uso da cinta abdominal. Veja:

Conheça Cinta Abdominal Vibratória Redutor de Medidas

O que é cinta abdominal?

A cinta abdominal se assemelha a um espartilho, sendo que as de uso prolongado devem ser confortáveis e apertar, mas não de maneira excessiva. Caso contrário, o acessório pode causar problemas de circulação de sangue e até mesmo no sistema respiratório.

Problemas respiratórios podem ocorrer em decorrência da pressão que a cinta faz na parte inferior do tórax.

Além das cintas modeladoras que são usadas por períodos prolongados para afinar a cintura, existem os modelos indicados por médicos.

Eles facilitam a cicatrização e evitam que os pontos internos se abram, após procedimentos cirúrgicos, como a abdominoplastia (cirurgia plástica de remoção de excesso de gordura e de pele do abdômen) ou a cesariana.

Para esses casos a cinta é recomendada porque ela limita a contração dos músculos da região abdominal. Mesmo assim, em geral, não é aconselhado que o acessório seja usado por mais de quatro horas diárias, caso contrário, pode oferecer complicações.

Problemas que o uso incorreto da cinta pode causar

Quando usada por um período excessivo de tempo ou apertada em demasia, a cinta pode prejudicar a contração natural dos músculos do abdômen.

Se isso acontecer quem usa o acessório pode ficar com os seus músculos fracos.

A ironia é que, se usada de forma inadequada, portanto, a cinta pode causar a flacidez na barriga. Ou seja, de nada vai adiantar usar a cinta para deixar a cintura mais fina se a região se tornar flácida.

Por isso é necessário seguir as orientações de uso. No entanto, não são apenas esses os efeitos colaterais de usar o acessório de maneira errônea.

Outros problemas são má digestão e prisão de ventre. Além disso, nunca se deve dormir com a cinta.

Outra ironia de usar a cinta em excesso e muito apertada é que ela pode favorecer o aparecimento de varizes.

Isso pode ocorrer devido ao aumento da pressão intra-abdominal provocada por ela, o que vai resultar na diminuição do retorno venoso, contribuindo para as varizes surgirem.

O que você precisa saber antes de usar cinta

Se você deseja investir no acessório, deve entender bem o seu funcionamento!

A cinta de barriga possui o objetivo de modelar o seu corpo, inclusive, quando estiver usando-a. Além disso, alguns modelos quando vestidos de modo prolongado podem oferecer resultados permanentes.

Mesmo assim, o aconselhado é que todas as pessoas que decidirem usar o acessório busquem orientação de um profissional.

Você pode conversar com o seu médico e pedir a sua opinião, sendo que indivíduos com problemas de coluna ou predisposição a eles deve ter um cuidado redobrado.

Se a cinta for usada de maneira errada, mais apertada do que o normal, pode haver ainda danos na coluna. Por isso mesmo, de forma alguma ela deva ser usada durante as atividades físicas.

Vale lembrar que a melhor maneira de praticar exercícios é com roupas e calçados confortáveis, além de, é claro, estar bem protegida da exposição solar, o que pode ser feito aplicando protetor solar na pele e usando boné ou chapéu e óculos escuros.

Para uma atividade física que proporcione ainda resultados de forma saudável é imprescindível que você esteja bem hidratada.

Quem sair para a rua nos dias quentes para se exercitar deve levar consigo uma garrafinha de água. Porém, o recomendado é evitar os horários mais quentes do dia.

Conheça Cinta Abdominal Vibratória Redutor de Medidas

Cinta ajuda a emagrecer

Quando a cinta de barriga integra uma rotina de bons hábitos, que inclui uma alimentação saudável e equilibrada e a prática de atividades físicas, é possível sim que usar cinta ajuda perder barriga.

No entanto, nesse caso, a cinta é apenas um coadjuvante, ou seja, sozinha não tem o poder de fazer com que quem a use perca os quilinhos a mais indesejados.

A verdade é que até mesmo os exercícios sozinhos não adiantam em nada quando a ideia é emagrecer, principalmente, reduzir as medidas da cintura.

Os abdominais são exercícios muito eficientes e que ajudam a fortalecer os músculos da região do abdômen, mas sozinhos também não emagrece quem os pratica.

A questão é que ao praticar atividades físicas as calorias queimadas estão em diversas partes do corpo.

Não é porque o exercício trabalha mais o abdômen que a perda de peso vai ser localizada, uma vez que a queima calórica acontece de maneira generalizada.

Porém, dependendo do organismo de cada pessoa, a gordura acumulada nas pernas, coxas, bumbum, braços, etc pode ser eliminada primeiro.

Como emagrecer a cintura

Os quilinhos a mais estocados na barriga costumam ser até mais difíceis de perder na medida em que a idade avança.

Isso porque é na cintura onde existe uma tendência maior para a gordura corporal se acumular. Essa é mais uma razão para tornar permanentes os bons hábitos na sua vida.

Nesse sentido, a alimentação ganha um papel importante, pois quando se reduz a quantidade de alimentos ingeridos, ou seja, se consomem menos calorias do que as gastas diariamente promove-se um déficit calórico.

Esse déficit é o que permite o emagrecimento.

No entanto, não se pode apenas focar em comer menos, mas também e até mais importante comer com qualidade. Isso significa que você não precisa contar as calorias dos alimentos, mas sim, dar preferência aqueles aos mais frescos e saudáveis, como as frutas, verduras e legumes.

É necessário ainda que a sua dieta contenha proteínas magras, grãos integrais e sementes, uma vez que todos esses alimentos saciam a fome por mais tempo e isso quer dizer que você não vai sentir fome toda a hora.

Conheça Cinta Abdominal Vibratória Redutor de Medidas

O que evitar para emagrecer

Alimentos industrializados devem ser evitados para perder peso e promover a sua saúde.

Na sua grande maioria são ricos em calorias vazias, as quais são chamadas assim porque não são nutritivas. Por conta disso, depois de pouco tempo que são ingeridas é normal que a fome apareça novamente.

Trocando em miúdos é melhor comer alimentos mais calóricos, desde que saudáveis, do que consumir produtos com poucas calorias e sem valor nutritivo algum.

No final do dia, você vai ter ingerido menos alimentos, porém, mais nutritivos e saudáveis, que saciam mais.

Mesmo conseguindo emagrecer com uma dieta saudável, é importante entender que os exercícios ainda continuam imprescindíveis.

Hoje em dia, é possível escolher entre uma grande variedade de atividades físicas, sem que isso signifique ter que ir à academia.

Tem que ir à academia?

Embora existam muitas pessoas que gostem, a verdade é que é significativo também o número de homens e mulheres que se entendiam ao frequentar a academia, por causa dos movimentos repetitivos.

Além disso, quem tem um dia a dia muito movimentado pode simplesmente não ter tempo. O deslocamento até a academia, a duração da aula e o tempo que se leva até chegar em casa demanda algumas horas.

Existem pessoas que preferem gastar esse período de outra maneira, estando com a família ou mesmo tendo um tempo para si mesmo.

Outro fator que pode atrapalhar a ida à academia é o orçamento, já que nem sempre se consegue encontrar estabelecimentos com preços acessíveis.

De qualquer forma, vale a pena lembrar que existem muitas formas de se exercitar mesmo sem ir à academia.

Caminhadas, andar de bicicleta, correr, pular corda e mesmo dançar são atividades muito saudáveis e eficientes para quem deseja emagrecer.

Além disso, é possível praticar um esporte, arte marcial ou mesmo fazer ioga.

A verdade é que o melhor para o seu corpo são as atividades que lhe proporcionem prazer em praticar. E mais, não é só quem precisa perder peso que deve incluir na sua rotina os exercícios físicos, eles são essenciais para manter não só a boa forma como também a saúde em dia.

Usar cinta diminui a barriga?

Assim como a cinta de barriga sozinha não ajuda a emagrecer, o mesmo acontece com a redução das suas medidas.

Para diminuir o abdômen é preciso que haja perda de peso, o que o acessório não promove de forma direta, mas sim, colabora se existirem outros cuidados.

As cintas modeladoras de uso prolongado podem até dar a impressão de redução da barriga, uma vez que elas ajudam a modelar a cintura, tornando-a mais fina.

Esse efeito costuma ser observado enquanto a pessoa está vestindo o acessório.

Mas ao retirá-lo, tudo volta ao lugar, por outro lado, se você também tiver os cuidados adicionais de uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas, a cinta pode potencializar os resultados obtidos com os bons hábitos em sua vida.

Quem deseja deixar a sua barriga lisa deve saber ainda que embora os abdominais ganhem muito crédito por fazerem o trabalho, eles não são os exercícios que mais queimam calorias.

Na verdade, os abdominais são muito eficientes para fortalecer os músculos, evitando a flacidez.

Isso por si só é muito importante para a boa forma, mas para perder os quilinhos a mais é preciso apostar nas atividades aeróbicas, que são aquelas que promovem um alto gasto calórico, como as corridas, subir e descer escadas, pular corda e mesmo caminhar.

Quais os melhor exercícios para emagrecer

O melhor na hora de montar o seu treino é investir em exercícios de diferentes modalidades, que trabalhem partes distintas do corpo.

Além disso, a frequência é fundamental e para a atividade física surtir efeito é preciso que ela seja feita pelo menos três vezes por semana.

Para ter um treino completo, portanto, é importante intercalar os exercícios aeróbicos, com alto gasto calórico, e a ginástica localizada, que vai trabalhar músculos, desenvolvendo-os e fortalecendo.

Nesse sentido, é possível também apostar na musculação.

Mesmo em casa você pode montar um treino bem completo, sendo que hoje em dia por preços acessíveis podem ser adquiridos alteres, tatames e outros acessórios para você se exercitar em casa de forma eficiente e segura.

Já na hora de fazer os abdominais, vale dizer ainda que embora seja o mais conhecido, o abdominal tradicional é o menos eficiente quando comparado aos seus demais tipos.

Os abdominais com elevação de pernas e os laterais são mais indicados para trabalhar os músculos da barriga.

Modelos de cintas para barriga

É possível, atualmente, encontrar muitos modelos de cinta abdominal, como aqueles que se assemelham a espartilhos.

Alguns são para uso prolongado e outros servem para usar esporadicamente.

Os de uso esporádico são perfeitos para quem deseja ir a uma festa com aquele vestido mais justo. Desse modo, ao usar a cinta de barriga o visual fica mais bonito porque tudo fica bem firme e sem marcar a roupa.

Há também as cintas de uso prolongado, que até prometem a redução de medidas, mas como já foi dito só funcionam se os hábitos saudáveis forem agregados ao seu dia a dia.

Existem modelos variados desse tipo de cinta, sendo que eles podem ir dos seios aos joelhos.

Outros modelos menores também estão disponíveis, os quais são indicados ainda para o pós-operatório, quando ajudam na recuperação do corpo.

Nesse sentido, é comum que as mulheres, inclusive, as que passaram por cesariana, o utilizem também, a fim de ajudar os órgãos a voltarem para o lugar.

No entanto, independente do motivo que você tem para usar a cinta para a barriga, o melhor é que haja a orientação de um profissional, uma vez que existem riscos à saúde quando o acessório é utilizado de maneira inadequada ou por um período de tempo excessivo.

Cinta Abdominal Para Perder Barriga Ja

Qual melhor cinta para diminuir barriga?

A melhor cinta de barriga para reduzir a cintura vai depender dos objetivos de cada pessoa que for usá-la.

Quem deseja apenas diminuir a barriga enquanto estiver usando uma roupa mais justa, por exemplo, como um vestido em uma festa pode optar pelas cintas mais simples.

Elas costumam contar com babados e transparências, assemelhando-se a lingeries, e por causa disso mesmo não pode ser usadas com muita frequência, apenas ocasionalmente, em momentos especiais.

Já as cintas que prometem resultados mais duradouros podem ser encontradas de vários tipos também.

Uma delas é a semelhante ao espartilho, com um tecido bem grosso, além de existirem os modelos mais indicados para o pós-parto e o pós-cirúrgico.

Essas últimas costumam ser de cor bege e serem mais finais e bastante maleáveis, tornando-se mais seguras e confortáveis.

Independente do modelo, entretanto, é preciso estar bem atenta ao acabamento.

Se a ideia é permanecer com o acessório por horas não podem ter costuras, ganchos e outras partes que possam machucar a pele.

Quais são os modelos de cintas de barriga

As cintas modeladoras também são encontradas em modelos variados, sendo que algumas delas não abraçam apenas o abdômen, como as cintas em formato de espartilhos, mas sim, podem começar nos seios e se estender até os joelhos ou um pouco abaixo deles.

Mesmo para usar com um vestido em uma ocasião especial esses modelos são mais eficientes, uma vez que o seu tecido é bastante liso, evitando marcas sobre a roupa.

Está na moda ainda um tipo semelhante de cinta abdominal, mas que leva o nome de cinta fitness.

Ela está sendo usada, principalmente, pelas celebridades e por isso ganhou tanta fama em pouco tempo.

Porém, existem especialistas que não indicam essa cinta, aliás, nenhuma delas, para a prática de exercícios, pois elas limitam os movimentos, o que é prejudicial ao malhar.

Na realidade, existe muita polêmica sobre o assunto, porque é possível encontrar em lojas as faixas ou coletes que se assemelham às cintas e que são usados para corrigir a postura.

Por conta disso, acredita-se que a cinta de barriga também possa colaborar com a postura.

Isso é verdade em termos, já que ela pode ser benéfica para alguns problemas na coluna, mas também causar danos quando não for usada corretamente, ainda mais se isso for feito durante atividades físicas.

O mais importante, então, é avaliar bem qual modelo você vai escolher e de preferência ter a orientação de um médico da sua confiança.

Que tipo de cinta ajuda no pós-parto?

Quando a cinta é usada com o objetivo de ajudar os órgãos a voltarem para o seu devido lugar após o parto o melhor é buscar os modelos mais confortáveis, como os modeladores, e não do tipo espartilho.

Embora os especialistas afirmem que depois da mulher dar à luz ao seu filho o seu corpo volta ao normal aos poucos mesmo sem a ajuda da cinta, em alguns casos ela pode ser até mesmo recomendada, inclusive, se a mulher passou por cesariana.

Isso porque esse procedimento resulta em pontos e cicatrizes, sendo que essas consequências podem ser melhores recuperadas com o uso do acessório.

Devido aos pontos, usando a cinta a mulher pode se sentir mais segura para tossir e se movimentar.

Além disso, o acessório pode ajudar na redução da flacidez e do inchaço, comuns de ocorrer depois do nascimento do bebê.

Quais os modelos para o pós-parto

Os modelos de cinta modeladores incluem:

  • Cinta sem pernas de cintura baixa
  • Cinta sem pernas de cintura alta
  • Cinta de busto para amamentação
  • Cinta com pernas acima do joelho

Além de velcro, as cintas podem contar com zíper para facilitar o seu uso, inclusive, na hora de ir ao banheiro.

Quando a mulher decide usar a cinta pós-parto é importante saber ainda que em caso de cesariana ela pode iniciar a sua utilização logo após o nascimento do bebê.

Em termos médicos ela precisa ser usada somente até o terceiro mês após o parto.

Quem quiser usar mais tempo também deve conversar com o profissional da saúde. Já quem teve parto normal, por outro lado, deve esperar passar o primeiro mês para então vestir a cinta.

3 Dicas simples e práticas para emagrecer a barriga com saúde

1) Crie metas

Independente de usar cinta para ajudar a perder barriga ou não, o mais importante é definir objetivos de modo bem claro para você.

Somente dessa forma é que se torna viável alcançá-los de maneira eficiente. E a partir disso definir o que você vai fazer.

Não adianta, por exemplo, você querer emagrecer e começar os exercícios físicos se não tem o cuidado necessário com a sua alimentação. Ou seja, é preciso agir de forma condizente com as metas que criou.

Também é importante na hora de criar metas ser realista e definir objetivos viáveis.

Se você precisa perder 10 quilos, por exemplo, não pode definir que vai conseguir isso em duas semanas.

Um tipo de meta dessa magnitude exigiria um déficit calórico muito grande e não é nada saudável para o corpo emagrecer demais em pouco tempo.

Lembre que você não chegou ao peso em que está da noite para o dia, então, nada mais normal do que eliminar os quilos a mais aos poucos.

2) Não desista

Ao criar metas não é preciso ter pressa, sendo importante ainda iniciar com objetivos menores, como perder três quilos em um mês.

Para algumas pessoas a perda de peso é mais difícil, uma vez que isso tem a ver com o seu metabolismo.

E mesmo com muito esforço os resultados podem demorar, mas não significa que você não esteja fazendo a coisa certa. Por isso, outra dica é não desistir se você não está vendo os resultados na balança.

Além disso, para algumas pessoas é comum perder vários quilos em pouco tempo e depois o emagrecimento frear e você simplesmente não conseguir emagrecer mais.

Isso pode acontecer quando se faz dietas muito radicais.

Mas também é comum quando os seus quilinhos a mais na verdade eram devido à retenção de líquidos, que incha o abdômen dando a falta impressão que se trata de gordura acumulada.

Uma alimentação rica em fibras e com a ingestão de dois litros de água por dia pode ser o suficiente para você perder todo o líquido em excesso do seu corpo.

Assim, você se sente mais leve em pouco tempo, mas para perder a gordura mesmo pode demorar um pouco mais.

3) Tenha mentores

Ninguém nasce sabendo de como as coisas funcionam, muito menos de como emagrecer, ainda mais porque não raro as pessoas não recebem a orientação certa sobre os bons hábitos de alimentação, que são tão simples e podem fazer tanto por você.

Por isso, é importante buscar informações de profissionais sérios, que sabem do que estão falando e são especialistas no seu campo de atuação.

Isso se refere tanto na hora de buscar dicas de como emagrecer com saúde, quais são os melhores exercícios físicos, etc.

Mesmo quem não vai à academia deve ter a orientação de um profissional capacitado para lhe dar as dicas mais eficientes para perder peso, reduzir a barriga e chegar ao seu peso ideal.

Você que busca um guia para praticar exercícios com qualidade e que ofereçam resultados duradouros está convidada a se cadastrar em nossa lista.

Deixe o seu email no final do artigo para receber mais informações e conhecer os benefícios do programa de emagrecimento Queima de 48 horas.

Conheça Cinta Abdominal Vibratória Redutor de Medidas

Não deixe para amanhã, comece hoje a emagrecer com saúde!

Agora que você já sabe a resposta à pergunta usar cinta abdominal ajuda a perder barriga, está na hora de começar a integrar a sua vida uma alimentação saudável e equilibrada e os exercícios físicos, uma vez que apenas com esses aliados é possível perder barriga com saúde.

Você pode usar a cinta de barriga ou não, mas independente da sua escolha, o mais importante é cultivar bons hábitos em sua vida e não apenas se você estiver acima do peso, mas também se você deseja apenas manter a boa forma ou mesmo ganhar alguns quilinhos.

Uma alimentação equilibrada com alimentos frescos, de preferência não industrializados, é o segredo para manter o bom funcionamento do corpo. Mas isso não significa que você deve passar fome, muito pelo contrário.

É preciso consumir carboidratos complexos, proteínas magras, grãos integrais, vegetais e sementes.

Além disso, quem deseja incluir os exercícios em sua rotina deve ter uma boa alimentação, porque o corpo precisa de energia para se exercitar.

Por isso, mais importante do quanto comer é avaliar a qualidade do que comer.

Cadastre-se agora mesmo na lista de e-mail abaixo, para saber mais sobre como emagrecer em 7 semanas com saúde.

Conheça o programa Queima de 48 horas e não perca essa oportunidade de atingir as suas metas com qualidade de vida, bem estar e muita saúde.

Incoming search terms:

  • cinta abdominal funciona
  • cinta para barriga funciona
  • cinta tira barriga
[Guia Definitivo] Como Queimar Gordura Abdominal Com Saúde – Um Plano Poderoso!

[Guia Definitivo] Como Queimar Gordura Abdominal Com Saúde – Um Plano Poderoso!

O excesso de gordura abdominal é um problema que assola grande parte das pessoas pelo mundo todo. Isso porque, com o mundo de hoje, fica muito difícil não cair nas tentações e acabar ficando acima do peso em algum momento.

  • Comer o que dá e quando dá, por conta da correria diária;
  • Não ter tempo para levar uma vida tão saudável quanto poderia, entre outros agravantes, são os grandes responsáveis pela grande quantidade de pessoas que sofrem de sobrepeso hoje;
  • O acúmulo de gordura abdominal que incomoda tantas pessoas, que muitas vezes não fazem ideia do que fazer para eliminá-la.

É por isso que estamos aqui:

Neste artigo ensinaremos como queimar gordura abdominal que está em excesso no seu corpo, utilizando artifícios como boa alimentação, exercícios físicos regulares e um bom acompanhamento psicológico para lidar com as mudanças.

Índice do conteúdo: [[Exibir]]

Você não conseguirá perder tudo

Porém, antes de entrar nos métodos e passos para finalmente conseguir eliminar a gordura do seu abdômen, vale lembrar que você não conseguirá perder tudo da noite para o dia. Para que isso aconteça será necessário muita dedicação, paciência e força de vontade.

Então não se iluda acreditando que os resultados aparecerão depois de alguns dias porque isso é balela.

Mas, se lhe consola, uma das muitas vantagens de se realizar um processo de perda de gordura abdominal e fortalecimento muscular como o que proporemos está no fato de ser algo muito mais duradouro, por envolver mudanças de hábitos negativos, bem como um fortalecimento do corpo e da mente.

E a alimentação saudável é peça fundamental nesse processo:

Alimentação Saudável

Obviamente, todos sabem que a alimentação incorreta e equivocada é um dos grandes responsáveis pelo problema da gordura abdominal excessiva.

Muitas pessoas têm tendências a acumular reservas de gordura na área, o que só agrava o problema, já que o indivíduo aparenta ser magro em toda as outras regiões do corpo, tendo apenas como área “destoante” o abdômen – o que incomoda muitas pessoas.

Reeducação alimentar

Reeducação alimentar para comer como se deve, sem utilizar-se de dietas malucas que só comprometem a sua saúde, é o melhor método que gera resultados duradouros quando o assunto é perda de gordura abdominal.

Se você apenas faz dietas e mais dietas, nunca aprenderá como se alimentar de forma correta, o que acaba agravando a reincidência no ganho de peso, bem como a ocorrência do efeito sanfona que grande parte das pessoas teme.

Por essas e outras razões, a reeducação alimentar é o método mais recomendado para quem realmente quer perder a gordura abdominal acumulada de forma saudável e duradoura, sem nunca mais ter que se preocupar com ela na sua vida.

Como Queimar Gordura Abdominal

Consultar um profissional especializado

Para que esse processo se inicie corretamente, o primeiro passo é consultar um profissional especializado em nutrição. Ele indicará os melhores métodos e formulará um cardápio personalizado para você, de forma que este se adequará às suas preferências alimentares, à sua rotina e às suas restrições no geral.

Com uma nova rotina alimentar especialmente montada para você, a perda de peso e de gordura abdominal ficará muito mais fácil, diminuindo muito a vontade de desistir e de “escapadelas” da dieta, que são os grandes vilões quando o assunto é perder peso.

Obviamente que a diminuição no consumo de calorias será algo quase certo quando você passar a seguir a nova rotina alimentar ditada pelo seu nutricionista. Isso porque o seu corpo precisa utilizar a energia que tem acumulada ao invés da nova que está sendo ingerida.

Quando você consome menos calorias do que o seu corpo precisa diariamente, você o obriga a utilizar as reservas, gerando, assim, o emagrecimento e perda das gorduras abdominais que tem acumuladas.

Dieta saudável para emagrecer

Lembrando sempre que estas são apenas sugestões: o seu nutricionista saberá o que é melhor para a sua rotina alimentar. Acrescentar proteínas, alimentos com propriedades termogênicas e grãos na sua nova rotina é uma boa forma de acelerar o processo de emagrecimento e perda da gordura abdominal excedente.

Isso porque as proteínas têm dupla função:

Auxiliam no ganho de massa muscular e de fortalecimento dos músculos, uma vez que você começará a praticar exercícios com mais regularidades;

Além de ser um excelente alimento para o organismo, por demorar mais para ser digerido, gastando mais calorias no processo de digestão, além de deixar o corpo por mais tempo com sensação de saciedade.

Os termogênicos tem a função de acelerar o metabolismo, fazendo com que o mesmo queime mais calorias para digerir os alimentos. Grande parte destes alimentos possui outras propriedades importantes ao organismo, como grandes quantidades de fibras e vitaminas e minerais que são de suma importância para o bom funcionamento do corpo.

Whey Protein

Outra ideia que pode ser discutida com o seu nutricionista é o acréscimo do whey protein na sua alimentação pré e pós treino, dependendo, obviamente, da intensidade com a qual você realizará os exercícios físicos, bem como a quantidade de massa muscular que você quer ganhar.

Muitas vezes as pessoas só querem realmente perder a gordura abdominal acumulada, sem fazer quaisquer outras alterações drásticas no corpo.

Mas há casos em que a pessoa acaba aproveitando o embalo e utiliza o processo de emagrecimento, reeducação alimentar e perda de gordura abdominal excedente para esculpir o corpo à base de uma nova rotina de exercícios.

Exercícios físicos

É mais do que óbvio que uma rotina mais pesada de exercícios físicos faria parte da sua nova vida a partir do momento em que você decidiu perder o peso e a gordura abdominal em excesso que você possui no seu corpo.

Antes de iniciar, é importante que você esteja ciente de que não adianta apenas realizar uma categoria dos mesmos (ou aeróbico ou muscular), uma vez que, para atingir o resultado esperado, você precisa definir os músculos da região em questão – abdômen – bem como perder a gordura localizada na mesma, o que só é possível quando se tem uma combinação bem feita de ambos os tipos de exercícios, tanto musculares quanto aeróbicos.

Os tipos de exercícios

A boa notícia é que, se você não é do tipo que curte ficar na academia fazendo repetições de um mesmo exercício, existem muitas outras opções de exercícios que você pode realizar e, ainda assim, ter um resultado bom – muitas vezes melhor, já que estará se empenhando numa série de exercícios que te dão prazer e satisfação ao realizá-los, trabalhando, assim, não só o bem-estar físico, mas o emocional também.

Se você é do tipo competitivo, pode muito bem trocar a esteira da academia por uma corrida na rua.

Treinar ao longo de um ano, se preparando para uma corrida de rua com vários competidores é uma boa forma de manter-se sempre motivado, já que possuir um objetivo maior – a corrida – é sempre bom para não ceder à preguiça de treinar.

Outras dicas

A natação também é um bom exercício para quem quer perder as gorduras acumuladas no abdômen:

Isso porque, além de melhorar o seu condicionamento físico como um todo, ela obriga o seu corpo a gastar muito mais energia do que estava acostumado, levando à quebra das reservas energéticas que você possui – inclusive as localizadas no abdômen – facilitando a perda da gordura localizada na região.

  • Aulas de dança
  • Zumba,
  • Jump

Também são ótimas maneiras de acrescentar diversão à sua rotina de exercício.

Perca peso dançando

Com a dança, além de perder peso, definir músculos e melhorar o condicionamento do seu organismo como um todo, você ainda treina a memória, ao ter que guardar as coreografias, e tem uma motivação constante de sempre treinar mais para melhorar a qualidade dos seus movimentos, tornando a dança mais bonita e prazerosa de ser feita e assistida.

Se você não gosta dos abdominais, tenho más notícias: perder gordura abdominal e definir os músculos da barriga é um processo que só acontece de fato se você acrescenta os exercícios abdominais na sua rotina.

Definir os seus músculos abdominais

Por mais que eles exijam muito do seu corpo e pareçam chatos e cansativos, eles são importantes para definir os seus músculos abdominais e melhorar o seu condicionamento físico como um todo. Sem eles, por mais que você perca a gordura acumulada, a sua barriga nunca vai ficar durinha e chapada como você queria que ficasse.

Portanto, deixe o preconceito com os abdominais de lado e vamos ao trabalho. Existem vários tipos e você pode fazer séries do que melhor lhe convier, de forma a ficar mais confortável com as séries de exercícios que está realizando.

É importante sempre ter em mente que, se você for uma pessoa que não possuía uma rotina de exercícios regular antes de entrar nessa empreitada, você precisará pegar mais leve no começo. Não se frustre se não conseguir acompanhar as aulas no melhor dos ritmos ou se não conseguir concluir todas as séries de exercícios sem sofrer.

No começo, será mais difícil e, portanto, mais desafiador. Mas não deixe o sedentarismo da sua rotina antiga lhe desmotivar: siga em frente com determinação e o melhor condicionamento físico virá de forma natural.

Desafio dos 7 dias de exercícios

o desafio dos 7 dias de exercícios é apenas uma pequena dica para lhe guiar se você realmente ainda se encontra perdido e não faz ideia de como começar para realizar exercícios, mesmo com as dicas dadas acima:

Primeiro dia

Comece o seu dia com uma caminhada leve de trinta minutos, podendo ser no local de sua preferência – na rua ou na esteira. Depois destes trinta minutos, procure fazer algumas séries de exercícios abdominais, para começar a acostumar o seu organismo com os exercícios de resistência e definição.

Segundo dia

Aumente o tempo da sua caminhada em dez minutos, inserindo no meio do exercício uma apertada de passo sem correr depois dos primeiros dez minutos. Quando estiver próximo aos dez minutos finais do exercício, sinta-se livre para reduzir o passo e correr num ritmo mais lento, para que o seu organismo possa voltar ao ritmo normal.

Depois da caminhada, faça três séries de agachamentos para melhorar a resistência nos músculos das coxas.

Terceiro dia

Aumente ainda mais o tempo da sua caminhada: de quarenta minutos, agora você caminhará por uma hora. Porém, há uma diferença: esta caminhada, parecerá mais uma corrida leve, com um ritmo mais acelerado do que o da caminhada convencional. Este aumento no ritmo funciona como um motor para acelerar a queima de calorias.

Após a caminhada, faça três minutos do exercício de abdominal oblíquo de cada lado do seu corpo, de forma a definir os músculos da barriga.

Quarto dia

Faça uma caminhada de trinta minutos. Porém, esta caminhada tem algo de diferente: a cada dois minutos, você precisará mudar o ritmo. Comece com o ritmo de caminhada normal. Depois dos primeiros dois minutos, corra. E faça desta forma até que atinja trinta minutos do exercício.

Depois da corrida matinal, faça três minutos de uma série de exercícios abdominais da sua preferência.

Quinto dia

Agora que você já conseguiu habituar o seu corpo com um ritmo mais acelerado de exercícios, você já pode iniciar a sua rotina diária com uma corrida de trinta minutos. Porém, leve em conta que precisará utilizar um tênis de qualidade, que absorva os possíveis impactos da corrida.

Depois de terminada a corrida, faça exercícios abdominais de sua preferência, pelo tempo máximo que conseguir ou por um bom tempo estipulado anteriormente. Leve em conta a realização de pausas entre o início e o fim de uma série.

Sexto dia

Comece a manhã com uma boa caminhada, procurando sempre alternar dois minutos de caminhada com dois minutos de corrida. Deixe os últimos cinco minutos da sua caminhada para desacelerar o ritmo. Desta forma, o seu corpo consegue começar a voltar ao ritmo normal antes do fim do exercício.

Sétimo dia

O sétimo e tão esperado dia é o mais “light” de todos. Nesse sua missão é relaxar, isso mesmo, depois de ter completado as metas dos dias anteriores nada melhor do que relaxar nesse dia.

Espero que você tenha gostado desse guia definitivo de como queimar gordura abdominal com saúde.

Como Emagrecer Amamentando com Saúde Em Busca do Corpo Perfeito

Como Emagrecer Amamentando com Saúde Em Busca do Corpo Perfeito

É comum que existam mulheres que fiquem preocupadas porque ganharam peso com a gravidez.

No entanto, é importante saber que o ganho de alguns quilos a mais é saudável, porque significa que a mulher está se alimentando bem, o que é de extrema importância para o bom desenvolvimento do bebê dentro do útero.

Claro que se o ganho de peso for demais é melhor buscar uma nutricionista.

Uma dieta na gravidez não é recomendada, já que ela pode prejudicar o feto, mas a futura mamãe pode sim ter uma alimentação equilibrada e saudável que evita o ganho de peso excessivo sem comprometer a qualidade de vida do seu filho que está para nascer.

Veja:

Índice do conteúdo: [[Exibir]]

Dê preferência aos alimentos mais nutritivos

Alimentos Mais Nutritivos

Mesmo a mulher que não está engordando demais durante a gestação deve dar preferência aos alimentos mais nutritivos, priorizando uma alimentação de qualidade, o que significa reduzir o consumo de produtos industrializados.

Além disso, também é comum que a mulher queira logo voltar ao seu peso anterior depois do parto.

Porém, é normal que o emagrecimento agrava o nascimento do bebê seja gradativo, até porque muitas mamães ficam bem inchadas após o parto. Nesse sentido, é possível aprender a como emagrecer amamentando.

Além de ser um gesto de amor que não só vai aproximar mais a mãe do bebê, como também o leite materno garante que a criança tenha uma saúde mais forte, a questão é que dar de mamar ao seu filho também ajuda a emagrecer.

Por que amamentar emagrece?

Ou seja, são inúmeras as vantagens para a amamentação ser feita pelo menos até os dois anos, sendo que o bebê pode continuar mamando por mais tempo, até que haja leite sendo produzido.

Para entender porque amamentar emagrece vale dizer que o corpo gasta muitas calorias para produzir o leite, já que ele todo está funcionando com esse objetivo.

Assim, quanto mais você der de mamar para o seu bebê, mais leite o seu organismo vai produzir e mais calorias serão queimadas.

Isso porque quanto mais o seu filho mama, sugando o seu peito, mais o seu corpo é estimulado a produzir leite. Mais um motivo para dar de mamar pelo maior tempo possível.

Qual a melhor dieta para quem está amamentando

Como Emagrecer Amamentando

As mães que estão amamentando devem se alimentar muito bem para que o organismo tenha matéria prima suficiente para produzir o leite materno.

Assim, a dieta para quem está amamentando deve ser muito nutritiva, balanceada e saudável, sendo que na realidade não difere tanto do que qualquer pessoa deve seguir.

A questão é que ao estar amamentando alguns alimentos são ainda mais importantes, como os ricos em água, pois a mulher precisa ingerir bastante dela para conseguir produzir leite e ter o suficiente para o bom funcionamento do seu organismo.

Mais água e mais frutas nesse período

Por isso, é indicado que ela beba mais do que três litros de água todos os dias.

Além disso, é importante que coma muitas frutas e legumes diariamente, principalmente as que sejam ricas em água.

Além de ajudar na produção de leite, esses alimentos são diuréticos e vão ajudar a mulher a desinchar abarriga após o parto.

Dê preferência a alimentos ricos em carboidratos

Para garantir a produção de leite e a energia da mamãe é preciso ainda que ela coma alimentos ricos em carboidratos.

Nessa hora, o melhor é optar pelos carboidratos complexos, como as versões integrais das farinhas e do arroz.

As fontes de proteína são outros alimentos essenciais para a dieta durante a amamentação, que podem ser tanto vegetais, como feijão, lentilha e grão de bico, quanto animais, ou seja, carnes vermelhas de cortes magros, além de peixes e aves.

O cardápio deve contar ainda com:

  • Ovos
  • Leite e os queijos
  • De preferência, os mais magros
  • Além dos demais derivados do leite

Todos os grupos alimentares são importantes, inclusive, as sementes, sendo que a linhaça, o gergelim, a chia e outras podem ser consumidas com frutas ou iogurte natural, o qual também é muito saudável para o cardápio da lactante.

Outros alimentos essenciais são os ricos em boas gorduras, como:

  • As nozes
  • As castanhas
  • As amêndoas
  • Os amendoins
  • Os pistaches
  • As demais oleaginosas
  • Bem como azeite de oliva
  • Peixes como atum
  • Salmão e o abacate

Todos esses alimentos podem entrar no dia a dia da mais nova mamãe, sendo intercalados para que sempre sejam preparadas refeições diferenciadas com muito sabor.

Como fazer a melhor alimentação pós-parto

Como Fazer Melhor Alimentacao Pos Parto

A alimentação pós-parto é muito parecida com a alimentação que a mulher deve ter durante a gestação e com o cardápio que qualquer pessoa deve ter quando deseja ter qualidade de vida através do que consome.

Não existem regras específicas quando a mulher está grávida ou amamentando.

A única regra é que sejam ingeridos os alimentos mais saudáveis a que se tenha acesso.

Em alguns casos, o médico pode receitar suplementos alimentares conforme as necessidades nutricionais de cada mulher.

Alimentos mais frescos e saudáveis

Fora isso, é indicado que ela dê preferência aos alimentos mais frescos e saudáveis, evitando tudo o que for industrializado.

Muitas vezes, as pessoas sabem que o que estão comendo não é a melhor opção, mas por gula ou por vontade é normal que se caia em algumas tentações, o que pode ser feito com moderação de vez em quando.

No entanto, quando a mulher está grávida ou amamentando ela deve se lembrar de que tudo o que consome também é recebido pelo seu filho.

Isso acontece por meio da placenta ou pelo leite materno e, por isso, na hora de escolher o que comer é preciso pensar primeiro no bem estar do bebê.

Cuidado com o café

O café, por exemplo, é uma substância contraindicada às gestantes e lactantes, pois embora nas doses certas seja saudável, para o bebê ainda não é uma opção que lhe fará bem.

O mesmo serve para:

Pois todos eles são ricos em cafeína.

Chás saudáveis nesse processo

Com essas exceções, outros chás são muito saudáveis, como os calmantes, mas antes de ingeri-los sempre se certifique de que sejam indicados para a sua situação.

5 à 6 refeições por dia

Além disso, é importante que a mulher faça de cinco a seis refeições por dia.

Dessa forma, ela não deve pular refeições, muito menos o café da manhã, além de fazer lanches na metade da manhã, da tarde e mesmo antes de ir dormir, nesse caso, o melhor é que seja algumas horas antes de se deitar e que os alimentos sejam bem leves.

Dormir, aliás, embora nem sempre seja fácil quando o bebê ainda é pequeno, é algo que a mãe deve fazer sempre que puder.

Emagrecer na gravidez é normal?

Emagrecer Na Gravidez

Além do ganho de peso durante os nove meses de gestação, emagrecer na gravidez é normal também.

Isso acontece, muitas vezes, porque os enjoos e vômitos são frequentes nos primeiros meses de gravidez, levando a mulher a perder peso.

Além disso, existem pessoas com metabolismo mais acelerado que normalmente tem mais facilidade em perder do que ganhar alguns quilinhos.

No entanto, se a mulher está comendo adequadamente e está bem de saúde não tem porque se preocupar com o emagrecimento. Mas se qualquer coisa sair da normalidade é fundamental que consulte o seu médico.

Acompanhamento médico sim

As visitas frequentes aos especialistas durante a gestação, inclusive, são obrigatórias para acompanhar o desenvolvimento do bebê.

Não coma por dois

Vale lembrar ainda que, embora a mulher não tenha que “comer por dois” é necessário que o seu consumo diário de calorias seja um pouco maior do que o de costume.

Ainda durante a amamentação isso deve ser feito e, por isso, não tem razão para se preocupar se o apetite está um pouco maior, desde que não seja nada de modo demasiado.

Ingira todos os grupos alimentares saudáveis

Então, já que emagrecer na gravidez é normal dieta para quem amamenta é importante tanto para as mulheres que perdem peso quanto para as que ganham alguns quilos durante a gestação.

Mais uma vez, é necessário dizer que o mais importante é ingerir todos os grupos alimentares, com refeições que possuam alimentos variados e saudáveis.

Conclusão

Se você é o tipo de mulher que está sempre correndo e não tem tempo para se alimentar direito, saiba que ao iniciar uma gestação comer bem deve ser a sua prioridade.

O seu filho vai se desenvolver de maneira correta se você der a ele todos os nutrientes dos quais precisa, inclusive, ferro e ácido fólico, os quais são encontrados em muitos alimentos.

Entre eles:

As leguminosas

Carnes

Cereais integrais e outros.

Assim, além de estar bem nutrida durante a gestação será mais fácil de saber como emagrecer amamentando, uma vez que estará com a qualidade de vida garantida em decorrência da boa alimentação.

Além disso, se você sempre tiver os cuidados de optar pelos alimentos mais saudáveis e nutritivos, não terá que se preocupar com a dieta pós-parto.

Isso porque quem não ganha quilos demais durante os nove meses de gravidez consegue de maneira simples voltar a ter o mesmo peso de antes.

Outra dica para tornar o processo mais eficiente e rápido é praticando atividades físicas. Durante a gestação elas devem ser leves e moderadas, mas depois você pode ter uma rotina de treinos mais intensa para emagrecer com saúde.

Quero Perder Barriga Urgente O Que Faço?

Quero Perder Barriga Urgente O Que Faço?

Muitos homens e mulheres chegam à frente do Google e escrevem quero perder barriga urgente. Se você está buscando também por uma solução efetiva, nesse artigo você vai saber exatamente quais são as praticas eficientes para conquistar esse objetivo e ter um abdômen liso.

Além de reduzir a gordura da cintura a fim de ficar com o corpo mais bonito, existe outra razão ainda mais importante de queimar calorias da região abdominal.

Quem acumula alguns quilos a mais na cintura, a chamada gordura visceral, corre riscos maiores de ter problemas cardiovasculares, doenças nos rins, nos pulmões e em demais órgãos internos que estão na cavidade abdominal. Até mesmo diabetes e pressão alta são problemas mais comuns em pessoas com gordura na barriga.

Tudo isso acontece, de forma resumida, porque os quilos a mais nessa região prejudicam o bom funcionamento dos órgãos ali situados. Mesmo quem não possui muita gordura abdominal deve desde já ter os cuidados necessários para evitar que isso ocorra nos próximos anos.

Vale a pena lembrar que à medida que as pessoas ficam mais velhas, torna-se mais difícil queimar as calorias da barriga.

Desse modo, saiba que se você faz recorrentemente a pergunta: “eu quero perder barriga”, a melhor alternativa é uma alimentação equilibrada e em atividades físicas adequadas, os grandes aliados no combate à gordura do abdômen.

Veja:

Quero Perder Barriga Urgente O Que Faco

Não quero emagrecer só perder barriga

Não quero emagrecer só perder barriga!!!”, para esse objetivo você deve apostar na alimentação saudável e nos exercícios físicos. Além disso, muitas vezes, quem é magro e só tem a barriga saliente sofre, na realidade, de retenção de líquidos, que é o responsável pelo inchaço do abdômen.

Uma alimentação rica em sal faz com que os líquidos e toxinas sejam acumulados, principalmente, na barriga, aumentando o seu volume.

Emagrecer Perder Barriga

1) Menos sal nos alimentos

Para tanto, o mais importante é começar a colocar menos sal nos alimentos, tanto na hora de prepará-los, como depois. Ou seja, já na mesa é comum a muitas pessoas adicionar mais sal na comida, como na salada.

Esse hábito é bastante prejudicial à saúde, lembrando que todos os alimentos industrializados possuem também altas quantidades de sal. Com isso, é comum que o excesso desse mineral no organismo afete muitas pessoas.

2) Diminua a quantidade de alimentos processados

Para reverter a situação, basta apenas diminuir a quantidade de alimentos processados, congelados e embutidos, os quais possuem outras substâncias que fazem mal à saúde, como os aditivos químicos e o açúcar.

Em casa, o mesmo, reduza o sal no preparo dos alimentos e não coloque mais em seu prato depois, tampouco na salada.

3) Saboreie os seus alimentos

Para dar mais sabor aos alimentos que você preparada, basta usar especiarias, como:

  • Orégano
  • Manjericão
  • Manjerona
  • Hortelã
  • Pimenta
  • Curry
  • Cominho, entre outras.

Já na salada, um fio de azeite de oliva. Ao mesmo tempo, é importante ingerir alimentos diuréticos, que são aqueles que ajudam a eliminar o excesso de líquidos do organismo, bem como as suas toxinas.

Todos os vegetais são diuréticos, inclusive, aqueles que possuem maior quantidade de água, como o:

  1. Melão
  2. Abacaxi
  3. Melancia
  4. Pera
  5. Maçã
  6. Folha da couve
  7. Espinafre
  8. Salsão
  9. Salsa
  10. Alface
  11. Espinafre
  12. Agrião, entre muitos outros.

Por fim, não se pode esquecer-se de beber ao menos dois litros de água todos os dias, uma forma eficiente de manter o bom funcionamento do organismo.

Perder Barriga Urgente

Quero perder a barriga urgente: o que fazer

É comum que muitas pessoas se preocupem em emagrecer apenas quando estão com o peso bem acima do ideal.

No entanto, o melhor é que exista um permanente cuidado com a alimentação, para manter a saúde e para não ter que buscar soluções imediatas para quando a situação estiver já bem complicada.

A questão é que as pessoas demoram meses e mesmo anos para chegar ao peso que estão, isto é, não se engorda do dia para a noite, então, por mais que se queira, perder peso também não é possível de repente.

Por outro lado, se você faz perguntas constantes do tipo: “Quero perder a barriga urgente”, o que pode fazer é agora mesmo incluir os principais cuidados no seu cotidiano.

Dessa forma, mais cedo você vai conseguir chegar ao seu peso ideal.

1) Elimine o excesso de alimento

Além disso, existe uma boa notícia. Quem come muito mais do que precisa e precisa emagrecer, já consegue alguns resultados em poucos dias ao eliminar o excesso de alimento das suas refeições. Isso não significa, entretanto, que a pessoa deve ficar sem comer.

Muito pelo contrário, é essencial ter refeições ricas em todos os grupos alimentares, mas depois que você se sentir satisfeito, já pode parar de comer. A gula é um problema que aflige muito as pessoas, que é caracterizada pelo impulso de consumir mais alimentos mesmo depois de já estar satisfeito.

2) Reduza a gula comendo de 3 em 3 horas

Uma dica que ajuda a reduzir a gula é comer a cada três horas, sendo que esse hábito é o mais indicado a qualquer um que deseja ter uma alimentação saudável e bons hábitos alimentares. Isso porque quando o organismo ingere alimentos com frequência ele se mantem trabalhando, o que ajuda, aliás, para a queima de calorias.

Além disso, se você ficar horas sem comer, quando ingerir alimentos é normal que sinta vontade de comer muito mais. Mesmo assim, é essencial que você aprenda a ter autocontrole, o que vai ajudar em muito na hora de parar de comer por saber que já consumiu a quantidade suficiente de alimentos.

3) Não jogue suas frustrações na comida

Outra questão importante é que, não raro, as pessoas jogam as suas frustrações na comida. Isso significa que por estarem tristes ou ansiosas comem mais do que precisam, como uma forma de compensação.

Mesmo que inconscientemente, esses indivíduos sentem-se melhor comendo, quando podem por alguns minutos esquecerem os seus problemas.

Porém, isso não resolve os problemas que causam a ansiedade e nem a tristeza e, ainda por cima, ajudam a engordar. Então, buscar a origem do que incomoda você e não usar a comida como um tratamento para a depressão é a melhor maneira de manter o peso ideal, a qualidade de vida e o bem estar.

Quero perder barriga como faço

Além de toda a consciência que é importante ter a respeito da alimentação saudável, se você pergunta: “quero perder barriga como faço” pode ainda apostar em alguns truques que ajudam a tornar mais rápida e redução da gordura do abdômen.

Entre eles, está o de ingerir com mais frequência os alimentos chamados termogênicos.

Depois que eles são ingeridos, o seu processo de digestão faz com que a temperatura do corpo aumente, acelerando o metabolismo. A consequência disso é que o corpo começa a queimar mais calorias, pois começa a trabalhar mais.

  1. Limão
  2. Gengibre
  3. Alho
  4. Chá verde
  5. Água gelada
  6. Pimentão
  7. Pimenta e canela são alguns exemplos.

Esses alimentos podem ser usados de diversas formas durante o dia, tanto nas principais refeições, como o café da manhã, almoço e janta, e mesmo nos lanches que podem ser feitos entre elas, ou seja, nos lanches da manhã, da tarde e da noite.

O limão, o gengibre e o chá verde são por si só uma ótima combinação.

Como Faco Quero Perder Barriga

1) Receitas de suco detox

Eles também podem entrar juntos em diversas receitas de suco detox, que são feitos com alimentos diuréticos.

Já a canela pode ser polvilhada em sucos, chás e frutas. Por fim, pimenta, alho e pimentões são versáteis na hora de preparar os mais variados pratos. Além de ajudarem na queima de calorias deixam as receitas mais saborosas, evitando o uso excessivo de sal.

2) Dê importância aos exercícios físicos

Mesmo que uma alimentação adequada e hábitos alimentares sejam essenciais para você que pensa em “quero perder gordura localizada na barriga”, não se pode esquecer-se da importância dos exercícios físicos.

Os abdominais, por exemplo, ajudam a fortalecer os músculos do abdômen, porém, não fazem milagres na redução dos quilinhos a mais da barriga.

Para tanto, é preciso combiná-los com atividades aeróbicas, que são as mais indicadas para a queima de calorias, como a:

Importancia Exercicios Fisicos

  1. Corrida
  2. Caminhada
  3. Andar de bicicleta
  4. Pular corda
  5. Polichinelo
  6. Subir e descer escadas, etc.

Já em casa você pode fazer:

  1. Agachamentos
  2. Flexões
  3. Ponte
  4. Pranchas
  5. Além dos abdominais, inclusive, os laterais e com elevação de perna, que são ainda melhores.

Agora que você que tem o objetivo de “quero perder barriga urgente” já sabe quais são os segredos para deixar o seu abdômen liso, é preciso colocar em prática todas essas dicas.

3) Mudanças necessárias aos poucos

No entanto, pode fazer as mudanças necessárias aos poucos, para que o organismo se adapta gradativamente, dessa forma, será mais fácil de incluir na sua rotina os bons hábitos.

As substituições na hora de comer também são muito importantes para favorecer o seu cardápio.

Assim, ao invés de arroz branco você pode preferir o integral, o mesmo com o pão, bolo e biscoitos. Não precisa deixar de comer o que possui carboidratos, mas sim, optar pelos integrais, que além de serem mais nutritivos, saciam a fome por mais tempo.

Quem pratica uma atividade física, aliás, precisa de energia, e os carboidratos são o principal combustível do corpo.

Mas essa energia é necessária até mesmo para escovar os dentes, tomar banho e fazer o corpo funcionar, por isso, ter uma alimentação com todos os grupos alimentares é fundamental, a qualquer pessoa e a você também que pergunta: “quero perder gordura na barriga”.