Skip to main content
Dieta do Chá Verde Gelado Para Perder Barriga

Dieta do Chá Verde Gelado Para Perder Barriga – Aprenda em Definitivo

Que o chá verde é um grande aliado de quem deseja emagrecer não é novidade a ninguém. No entanto, o que as pessoas podem não saber é que a bebida também é consumida gelada, uma alternativa perfeita para os dias quentes.

O tradicional chá verde, bebido quente, é muito eficiente para a redução de medidas. Mas e no verão? Nem todo mundo consegue beber chás quentes quando as temperaturas estão altas.

Além disso, a dieta do chá verde gelado combina com os paladares que não apreciam o gosto da erva, que costuma ser amarga, pois dessa forma é possível combinar à receita outros ingredientes para deixar o gostoso mais agradável.

Além disso, quem apostar na dieta do chá verde solúvel ou mesmo feito com as folhas secas da erva não vai apenas chegar ao peso desejado, como também receber todos os benefícios que a bebida oferece.

O chá verde é rico em antioxidantes, característica essa que o torna um grande aliado das células do organismo, uma vez que combate o seu envelhecimento precoce.

A erva é eficiente ainda no combate ao colesterol ruim e na prevenção de diversas doenças, inclusive, diferentes tipos de câncer e problemas do coração.

Já a cafeína que possui não é responsável apenas por acelerar o metabolismo do corpo e assim promover o aumento do gasto calórico, mas também por oferecer o aumento da concentração mental.

E mais, o chá verde é fonte de nutrientes, uma vez que conta com as vitaminas C, K, B1 e B2 e com os minerais ácido fólico, manganês e potássio.

Essa combinação é benéfica, entre outras razões, porque a erva colabora com o bom funcionamento do sistema imunológico, evitando muitos problemas de saúde, como inflamações e infecções. Saiba mais:

 

Como funciona dieta do chá verde para perder barriga

A dieta do chá verde para perder barriga, no entanto, não consiste em apenas beber o chá para emagrecer, já que qualquer dieta que preza pela saúde deve estar acompanhada de um cardápio saudável e equilibrado.

Portanto, você pode beber de três a quatro xícaras desse chá por dia, sem ultrapassar esse limite, que pode ser prejudicial à saúde.

Se a ideia é perder barriga rapidamente, aconselha-se ainda que você pratique atividades físicas, inclusive, as aeróbicas, que são as mais indicadas para quem deseja, em especial, queimar calorias. Além dos abdominais, outros exercícios eficientes para perder barriga são os agachamentos, as flexões, os polichinelos, entre outros.

Quanto aos abdominais, não se detenha apenas aos tradicionais, execute sequencias de abdominais laterais e os que as pernas ficam levantadas, movimentos esses que são mais eficientes, uma vez que trabalham melhor a região do abdômen.

Caminhar, correr, pular corda, andar de bicicleta e até mesmo dançar são outras atividades indicadas para o mesmo fim.

Mesmo os exercícios de força, como musculação, podem ser feitos, pois ajudam a fortalecer os músculos, inclusive, da região abdominal. Dessa forma, o ideal é se você praticar atividades físicas ao menos três vezes por semana e intercalar ambas as modalidades: aeróbicas e de força.

 

A alimentação

Quanto à alimentação, esse é outro requisito fundamental para quem deseja perder a barriga.

Além de incluir todos os grupos alimentares no seu cardápio com moderação, sem apostar em dietas restritivas, é especialmente importante ingerir alimentos diuréticos, como melancia e limão, que são as frutas mais diuréticas.

Entre os legumes e verduras, destacam-se:

  • O aipo
  • Pepino
  • Salsa
  • Berinjela
  • Beterraba
  • Couve de Bruxelas.

Outras opções com propriedade diurética são o vinagre de maçã, que pode temperar as suas saladas e o gengibre, o qual pode ser ingerido em sucos, chás e ainda no preparo de refeições.

Por fim, a água, que deve ser bebida em torno de dois litros por dia, é outra aliada da retenção de líquidos.

Ao combater esse problema, provocado principalmente pelo excesso de sal do cardápio, evita-se que o sua barriga inche novamente, pois ajuda na eliminação de toxinas e líquidos.

 

3 Receitas da dieta do chá verde para emagrecer

Quem fizer a dieta do chá verde para emagrecer pode valer-se da bebida em suas diversas versões. Quente ou fria, pura ou com mais ingredientes e feita com o chá em saquinho ou em natura.

Mesmo para alguns paladares o chá verde quente pode ser pouco agradável, mas nesse caso, um grande aliado é o limão, que suaviza o seu sabor.

Já frio, as opções são variadas, sendo que o chá verde gelado pode inclusive entrar na receita de sucos desintoxicantes. Veja algumas dicas de receitas para fazer o chá verde e emagrecer:

 

#1 Chá verde quente com limão

Ingredientes

  • 1 colher de chá de chá verde ou 1 saquinho de chá
  • Suco de meio limão
  • 1 xícara de água

Como fazer

  1. Ferva a água e coloque em uma xícara com o chá verde e deixe em infusão por 10 minutos.
  2. Se necessário, coe e, depois, acrescente o suco de limão.

 

#2 Chá verde gelado com maçã e hortelã

Ingredientes

  • 1 saquinho de chá verde
  • 100 ml de suco de maçã sem açúcar
  • 4 ramos de hortelã fresca
  • 200 ml de água fervente

Com fazer

  1. Prepare a infusão com o chá verde e com a hortelã e deixe esfriar.
  2. Depois, acrescente o suco de maçã e deixe na geladeira até que fique gelado.
  3. Você também pode bater o chá no liquidificador com uma maçã.
  4. Nesse caso, basta usar cubos de gelo para deixar a bebida refrescante.
  5. Ao invés da maçã é possível substituir por abacaxi.

 

#3 Chá verde gelado energizante

Ingredientes

  • 1 maçã com casca
  • 2 fatias de beterraba sem casca
  • 1 xícara de chá verde
  • 4 ramos de hortelã fresca
  • 1 xícara de espinafre
  • 1 pedaço de gengibre

Como fazer

  1. Lave bem os ingredientes, sendo que os vegetais devem estar todos crus.
  2. Pique-os em pedaços pequenos e os coloque no liquidificador.
  3. Bata bem e coe se for necessário.
  4. Use frutas maduras e doces para não ter que adoçar.

 

Dicas para dieta detox e chá verde quente

Quando o chá verde frio é acompanhado de frutas, legumes e verduras transforma-se em suco desintoxicante, o qual é muito eficiente para quem deseja perder barriga.

Além de eliminar os líquidos e as toxinas acumuladas que atrapalham o bom funcionamento do organismo, por ser uma bebida rica em fibras está garantido um melhor trânsito intestinal.

Dessa forma, é possível aliar a dieta detox e chá verde quente ao mesmo cardápio de perda de peso, intercalando-os. No entanto, é preciso ter apenas alguns cuidados, sendo que entre eles, está beber tanto o chá frio quanto o quente nos horários adequados.

Ou seja, o seu consumo deve ser entre as refeições e nunca junto com elas ou logo depois.

Além dos líquidos atrapalharem a digestão, a cafeína do chá verde prejudica a absorção da vitamina C e do ferro pelo organismo. A melhor maneira, portanto, é que os sucos detox com chá verde sejam consumidos nos lanches da manhã e/ou da tarde.

 

Leitura recomendada: A Dieta Detox Com Suas Receitas e Alimentos Detona Ou Não O Excesso De Gordura Do Corpo?

 

Ótimo pela manhã

Já o suco de chá verde pode ser também consumido pela manhã, já que por ter cafeína é bastante energético, no entanto, deve ser evitado à noite, inclusive, por quem tem dificuldade de pegar no sono.

Agora que você já sabe como fazer a dieta do chá verde invista nas diversas receitas que podem ser feitas com a erva.

Lembrando apenas que mulheres que estejam grávidas ou amamentando devem evitar o consumo do chá verde, bem como pessoas que tenham problemas de hipertensão ou psiquiátricas, além de glaucoma.

A exceção dos indivíduos nessas situações, a dieta do chá verde gelado é benéfica a qualquer pessoa, quando feita de modo adequado.

Mesmo assim, é importante dizer mais uma vez que o excesso não é indicado, pois além de insônia pode causar aumento da pressão e gastrite.

Além disso, a dieta do chá verde e gengibre, limão, hortelã e demais acompanhantes só vai surtir os efeitos desejados se você alimentar-se bem e com moderação.

 

Conclusão

É importante além de beber muitos líquidos, inclusive, água pura, comer alimentos sólidos, como toda a variedade de legumes, verduras, frutas, sementes e cereais.

Carnes e queijos magros também podem ser consumidos, mesmo por quem estiver de dieta, sendo indicado ainda o consumo de leite semidesnatado e ovos, a não ser a quem tiver restrições alimentares.

Outras dicas para emagrecer e perder barriga são nunca pular refeições e comer a cada três horas, o que mantem o metabolismo acelerado e, assim, sempre queimando calorias. Então, além do café da manhã, almoço e janta você pode fazer lanches nutritivos entre as principais refeições do dia.

Nessas ocasiões, além do chá verde você pode consumir porções pequenas de oleaginosas (castanhas, nozes, pistache, etc), frutas secas (ameixa, damasco), iogurte natural, mingau de aveia, granola ou sucos detox.

É necessário ainda ter bons hábitos, como mastigar bem os alimentos e comer devagar, o que ajuda na digestão dos alimentos.

Para que o seu organismo funcione bem e seja possível emagrecer mais facilmente é importante também dormir em torno de oito horas por dia e comer ao menos quatro horas antes de se deitar.

Por último, separe um tempo do dia para as atividades prazerosas, que combatem a ansiedade e a depressão, grandes inimigas do emagrecimento.