Skip to main content
dicas de saude e bem estar

7 Dicas de Saúde e Bem Estar que Você Está Evitando e Como Parar

Você acha que não está dando a devida importância a você mesmo, mas não sabe onde exatamente está errando?

Esse sentimento é comum que apareça quando estamos cansados, desanimados e sem o controle que gostamos de ter a respeito de nossa vida. Porém, é ainda mais comum postergar as mudanças, evitando-as, e a correria do dia a dia é a principal desculpa.

É verdade que a vida anda agitada, mas é necessário saber como parar um pouco para pensar e reavaliar as atitudes que fazem parte do nosso cotidiano. Isso depende da iniciativa de cada um e, quanto mais você demora para começar as mudanças que deseja, mais difícil será promovê-las.

Para restabelecer o equilíbrio e identificar o que está faltando em sua vida, confira a seguir as 7 dicas de saúde e bem estar que facilmente podem ser adotadas por você:

 

1 – Alimentação e saúde: saiba o que come

Você já deve ter ouvido a frase: somos aquilo que comemos. Então: o que você é? Como está a sua alimentação?

É importante dizer que não apenas as pessoas que estão acima do peso devem estar atentas ao que ingerem, como todas as demais, até porque magreza não necessariamente é sinal de saúde.

A qualidade dos alimentos é de extrema importância para o nosso bem-estar mental e físico. Assim, a dica de saúde para quem sabe que está cometendo erros na hora de escolher o que vai consumir é realizar substituições. Está com vontade de comer algo doce?

Então deixe de lado a barra de chocolate e escolha a sua fruta preferida ou mesmo um iogurte.

Você adora comer bolos, massas e pães?

Não precisa deixar de ingeri-los, a não ser que tenha alguma restrição alimentar. Porém, a dica é optar por comer os que sejam preparados com farinhas integrais, que são mais nutritivas.  O mesmo serve ao substituir o arroz branco pelo integral, o açúcar refinado pelo mascavo ou pelo adoçante natural stévia.

São pequenas mudanças que fazem toda a diferença na sua alimentação.

 

2 – O que é saúde

Você sabe o que é saúde, já se perguntou se a sua saúde está bem?

O termo é bastante amplo, pois se refere a tudo o que precisamos para estar com o corpo e a mente equilibrados, o que vai proporcionar o bom funcionamento do organismo como um todo. Ao compreender isso é mais fácil se empenhar em preocupar-se com o seu próprio bem-estar. Veja:

 

Busque a sua realização pessoal de maneira saudável

Na correia do dia a dia, não raro, as pessoas simplesmente esquecem de olhar para si mesmas, avaliar se o que estão comendo é saudável, se o que estão fazendo é realmente necessário, se estão dormindo o suficiente, etc.

Quem não para um pouco para pensar sobre isso costuma seguir a vida no modo automático, o que pode causar sérios prejuízo para a saúde mais adiante.

Se você acha que se enquadra nesse grupo, então, está na hora de relaxar um pouco e avaliar a sua própria vida, dar-se ao direito de olhar ao seu redor, avaliar se está feliz, fazendo o que realmente gosta e o que havia se proposto a executar.

Caso contrário, é preciso tomar as rédeas da vida e colocá-la no caminho da sua realização pessoal.

 

3 – Dica de saúde: saiba prevenir doenças

Não é incomum que as pessoas não deem a atenção necessária ao seu organismo quando emitem um sinal de que algo está errado.

Dores de cabeça, por exemplo, são geralmente identificadas como cansaço apenas, no entanto, é preciso parar e avaliar se é isso mesmo o que o sintoma está indicando.

Assim, uma dica de saúde que deve ser seguida é interessar-se pelos sinais que o seu corpo dá.

 

Dor de cabeça

Isso não significa que a dor de cabeça deva ser motivo de preocupação, a não ser que ela esteja aparecendo muito frequentemente.

A dor de cabeça é apenas um exemplo e não precisamos sair correndo para o consultório médico quando alguma parte do corpo começar a doer, mas é importante pensar no que pode significar e buscar uma solução.

 

Dores fortes nas costas

Se você anda com dores fortes nas costas e trabalha muito tempo sentado, na mesma posição, será que você está se acomodando na sua cadeira de forma correta? Que tal experimentar deixar a coluna mais reta, os ombros mais alinhados e mesmo usar um suporte para os pés?

A longo prazo, o problema pode se tornar crônico e mais difícil de tratar.

Já quando for preciso é óbvio que buscar um especialista é a melhor maneira de tratar qualquer problema de saúde, uma vez que a automedicação é proibida, podendo até mesmo agravar o problema.

As medidas preventivas sempre são as formas mais eficientes de prevenir doenças.

 

4 – Saúde e qualidade de vida

Para a saúde e qualidade de vida vale dizer que não são apenas as pessoas que precisam perder peso que devem ter atitudes saudáveis, como se dedicar a uma atividade física. Os exercícios são muito importantes para o bem-estar mental e físico, mas se você não gosta de academias, não precisa ir contra a sua vontade.

É possível escolher uma atividade prazerosa e existem muitas, para todos gostos.

Se você gosta de caminhar, saiba que as caminhadas são muito eficientes para a saúde e mesmo a quem precisa perder peso. Da mesma forma:

  • As corridas
  • Andar de bicicleta
  • Pular corda
  • E mesmo dançar

Quem gosta de ser embalado pelos ritmos pode fazer aulas de dança, mas quem prefere as artes marciais pode fazer o mesmo em uma escola especializada.

Há também os exercícios coletivos, como:

  • Vôlei
  • Basquete
  • Futebol

As atividades para quem gosta de estar na água, como:

  • Natação e hidroginástica;

E mesmo as aulas de ioga ou pilates para quem tem preferência por atividades mais tranquilas. Em casa mesmo é possível exercitar o corpo com ginástica e alongar o corpo, o que é importante inclusive a quem permanece muito tempo sentado trabalhando.

 

5 – Evite alimentos sem benefícios

Entre as dicas para uma vida saudável ainda referente à alimentação, é necessário que saibamos o que estamos ingerindo. Nem todas as pessoas têm essa preocupação e, mais uma vez, ligam o botão automático e seguem as suas vidas sem perceber o que realmente acontece ao seu redor.

Muitas vezes, apenas quando aparece um problema de saúde é que se começa a reavaliar os hábitos alimentares e mesmo a se preocupar com o que se come.

 

Moderação na hora de comer

Embora aqui a palavra seja moderação na hora de comer qualquer alimento, alguns devem ser evitados com maior empenho, como é o caso dos ricos em sal e açúcar, os quais são, em grande parte, os produtos industrializados.

Além de terem em excesso esses dois ingredientes, costumam ser ricos ainda em produtos químicos, como corantes, conservantes, aromatizantes, etc.

Dessa forma, mais uma vez é importante fazer substituições, como trocar o doce industrializado, como chocolates, bolachas, etc, por um doce caseiro, como pudim, arroz de leite e mesmo os feitos em confeitarias.

Nesse sentido, outra dica é evitar os embutidos, como o presunto, mortadela, bacon e demais carnes processadas. No caso dos queijos e carnes, sempre optar pelas versões magras e na hora de escolher um iogurte, dar preferências às versões naturais.

 

6 – Invista nos hábitos saudáveis

Quando falamos em hábitos saudáveis são se refere somente à alimentação, pois existem muitas outras atitudes que são benéficas ao organismo. Entre as dicas de saúde e bem estar uma fundamental é dormir em média oito horas por dia.

Há funções que o corpo desempenha apenas quando estamos em repouso e, por isso, uma boa noite de sono vai colaborar com o funcionamento do organismo de modo adequado.

 

Beber muita água

Ouro hábito importantíssimo a se ter é o de beber muita água por dia, em torno de dois litros.

Não é preciso estar com sede para bebê-la, pois o nosso organismo é, em grande parte, formado por água, e quando não suprimos ele de modo suficiente, são usadas as reservas que têm funções vitais. Assim, ao não beber água todos os dias o pleno funcionamento o organismo é prejudicado.

 

Não pular refeições e outras dicas

Outros hábitos saudáveis incluem não pular refeições, nem mesmo o café da manhã, que é uma das principais do dia e alimentar-se devagar, mastigando bem os alimentos e concentrando-se na atividade.

É importante ainda não dormir logo após comer e nem ir deitar com a TV ou o rádio ligado, o que prejudica a qualidade do sono.

 

7 – Pense na saúde do corpo de modo global

Por fim, vale lembrar que a saúde do corpo depende da saúde da mente e vice-versa. Quando o nosso peso está bom, não temos doenças, nosso corpo não se cansa facilmente, etc, nossa mente também se beneficia, sentindo-se mais calma, concentrada e feliz.

Já se estamos tristes e ansiosos, por consequência, o corpo também sofre os sintomas desses problemas.

Ao entender como essa relação é próxima, vemos a importância de sempre reservar, mesmo na correria do dia a dia, um momento para executar atividades prazerosas, como estar com os amigos, ver um filme, ler um livro ou mesmo sair para caminhar no parque.

Tudo está conectado e nossas atitudes são as responsáveis por manter essa conexão em harmonia.