Skip to main content
como ter uma alimentação saudável

Como Ter Uma Alimentação Saudável Sem Interferir na Alegria de Viver

Nem sempre as pessoas apostam na alimentação saudável porque pensam que isso vai limitar em muito as suas escolhas na hora de fazer uma refeição. Porém, não é preciso deixar de comer o que mais gosta, desde que seja com moderação.

Além disso, para saber como ter uma alimentação saudável não é preciso ser expert no assunto, apenas seguir algumas dicas.

Basicamente, o cardápio alimentação saudável consiste em acrescentar nas refeições a maior variedade possível de legumes, verduras, frutas, grãos, cereais, fontes magras de proteína e gorduras saudáveis. Ou seja, sempre combinar em seu prato alimentos que integrem todos os grupos alimentares.

 

Evite produtos industrializados

Outra dica valiosa é evitar os produtos industrializados, que possuem muito sal, açúcar, gorduras de má qualidade e aditivos químicos. É bem comum que, em nome da praticidade, escolhemos alimentos industrializados, porém, eles são o grande perigo da alimentação moderna.

Claro que não é preciso eliminá-los completamente, mas sempre que possível preferir o alimento fresco ao invés do processado. Dessa forma, quem não vive sem comer um doce pode optar pelos produtos caseiros ou mesmo feitos na confeitaria, como pães doces, sonhos, mil folhas, ao invés de comprar biscoitos recheados ou chocolates.

Mesmo assim, vale a pena sempre conferir os ingredientes dos produtos, independentes da onde forem adquiridos, porque até uma barra de chocolate pode ser mais nutritiva em comparação ao bolo da padaria, por exemplo, conforme os ingredientes que possuir.

No caso dos chocolates, o melhor é optar pelos que possuem maior teor de cacau. Assim, você não interfere na alegria de viver e consegue ter uma alimentação saudável.

 

O que é uma boa alimentação

Saiba como incluí-la na sua vida

Você já parou para pensar sobre o que é uma boa alimentação? Se você acha que um cardápio equilibrado se refere a um prato cheio de salada e mais nada, você está enganado. Como diz a palavra, equilibrado é quando existem várias opções na quantidade certa.

Assim, é possível comer arroz, feijão, macarrão, carnes, batata e o que mais você quiser sem culpa.

 

Optar por uma opção de proteína

O segredo é na forma de combinar esses alimentos. Uma dica básica na hora de se servir é sempre optar por uma opção de proteína (carnes magras, ovo, etc) e uma porção de carboidrato, preferencialmente, integral, como massa, arroz, etc.

Cada um deve ocupar um quarto do seu prato e nos dois quartos restantes deve-se acrescentar todos os legumes e verduras que desejar.

 

Poucos alimentos ao longo do dia?

Também se engana quem pensa que uma boa alimentação consiste em consumir poucos alimentos ao longo do dia. Na realidade, o nosso organismo deve sempre estar bem nutrido e a melhor forma de fazer isso é comer a cada três horas.

Assim, você pode fazer as três principais refeições do dia: café da manhã, almoço e janta e, entre elas, pequenos lanches nutritivos.

Até quem deseja perder peso deve seguir essa dica, caso contrário, se a pessoa passa mais de cinco horas sem se alimentar, o organismo vai diminuir o seu metabolismo e começar a armazenar mais calorias, para evitar que fique sem reservas.

Já quem está com o peso ideal deve estar atento a isso para que não ganhe peso e nem tenha menos energia para as atividades do dia a dia.

 

Alimentos saudáveis para o seu cardápio

As opções mais nutritivas para o seu cardápio são aquelas que não passaram por processos industriais, os quais costumam remover os principais nutrientes dos alimentos, como é o caso das farinhas brancas, do arroz branco, etc.

Por isso, logo após ingeridos é normal que sintamos fome de novo, porque eles possuem menos quantidade de fibra, ou seja, alimenta menos.

Assim, na lista de alimentos saudáveis entram as seguintes opções:

  • legumes;
  • verduras;
  • frutas;
  • cereais e grãos integrais, como o trigo, aveia, cevada, centeio, arroz, milho, quinoa, amaranto, linhaça, chia, entre outros;
  • fontes de proteína magra, como os peixes e as aves e mesmo a carne vermelha, desde que seja um corte mais magro; queijos, é preferível escolher os magros também; ovos e o leite e seus demais derivados;
  • gordura saudável – presente em peixes como o salmão, azeite de oliva e abacate.

 

Como saber se um alimento é saudável?

Na realidade, é fácil saber quando um alimento é saudável. Eles costumam ser frescos e mais puros, possuem pouca embalagem e a sua lista de ingredientes é curta.

Todos os alimentos citados, além de serem fontes principais de carboidrato, fibras e proteína, também possuem vários minerais e vitaminas essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo.

Dessa forma, quanto mais variedade deles estiver presente nas suas refeições e lanches maiores são as chances de não faltar nenhum nutriente no seu organismo.

Além de ter uma alimentação saudável isso evita o aparecimento de uma série de doenças, as quais costumam ter relação com o sistema imunológico debilitado em decorrência de uma dieta pobre.

 

Comidas saudáveis para o dia a dia

Embora nem sempre seja possível preparar as refeições em casa, quando possível, é importante aderir a essa prática, pois dessa forma fica mais fácil de alimentar-se com comidas saudáveis de verdade. Além disso, você tem o controle da qualidade da sua refeição, uma vez que pode escolher as opções mais saudáveis e frescas para o seu cardápio.

Quem trabalha fora pode preparar as suas refeições com antecedência e levá-las prontas para o trabalhado, quando possível.

Além de saber exatamente o que você vai comer essa é uma forma de economizar. Já quem precisa frequentar restaurantes na hora do almoço deve escolher aqueles que possuem a maior variedade de legumes e verduras, além de pratos quentes feitos com qualidade.

Claro que nem sempre isso é possível, ou porque o orçamento está curto ou porque nem sempre há poder de escolha. Nesse caso, a dica é caprichar nas demais refeições do dia, porém, não adianta ficar sem comer de meio dia e jantar à noite para compensar. Antes de dormir o melhor é ingerir alimentos leves que não prejudiquem o sono.

 

Entenda de uma vez por todas como comer melhor

Quem está em busca de uma alimentação equilibrada definitivamente não pode pular refeições, inclusive, o café da manhã. Mesmo com o corre corre não é motivo para deixar de ter essa refeição com o mínimo de tranquilidade. Vale a pena acordar mais cedo e se alimentar bem para o dia que terá pela frente.

Por isso, essa refeição, inclusive, é aquela na qual você pode comer melhor. Quem já acorda com fome pode preparar um sanduíche integral com queijo magro, peito de peru, alface e tomate. Embora o café seja vilão, muitas vezes, com moderação a bebida faz bem à saúde e pode ser ingerido com ou sem leite.

Outras dicas para o café da manhã é comer iogurte, preferencialmente, natural com granola ou frutas ou mesmo fazer uma vitamina com a sua fruta preferida. Para deixar a vitamina mais nutritiva é possível acrescentar aveia ou linhaça.

Os sucos naturais com frutas frescas e sem açúcar também são muito saudáveis, mas eles não devem sempre substituir o lanche.

As frutas devem ser mastigadas também, já que dessa maneira possuem maior teor de fibras. Nos lanches ao longo do dia é possível ainda apostar em outros alimentos nutritivos, como frutas, as quais também podem ser amassadas com chia, aveia ou linhaça, porções de frutas secas e/ou oleaginosas (castanhas, nozes, pistache, amendoim, etc).

Outra dica é preparar um suco desintoxicante, que mistura as folhas verdes, como couve, espinafre, rúculas, com frutas, como limão, maçã, melão, laranja, entre outras. No verão é muito refrescante, quando pode receber cubos de gelo. Nessa receita podem ser acrescentadas também aveia e linhaça.

 

Faça hoje o que pode fazer hoje!

Diferente das dietas, quem deseja iniciar uma alimentação saudável não precisa esperar a segunda-feira. A iniciativa pode ser tomada agora mesmo. Olhe para o que você estiver comendo e avalie se é a melhor escolha, se não existem outras opções disponíveis mais saudáveis.

Mesmo quem deseja emagrecer de verdade em uma semana ou menos com um método comprovado que dá resultados, não precisa fazer mudanças radicais em seu comportamento alimentar.

 

Entendeu, como ter uma alimentação saudável?

A dica é apostar nas mudanças gradativas, afim de permitir que o organismo se adapte aos poucos sem traumas. Agora que você já saber como ter uma alimentação saudável pode iniciar com as substituições, trocando o arroz branco pelo integral, a farinha branca pela integral, mas sem deixar de comer o que mais gosta.

Já quem precisa perder peso deve reduzir aos poucos a quantidade dos alimentos a cada refeição, mas sem passar fome.

 

Conclusão

Essas dicas de alimentação são simples, mas contribuem em muito para quem deseja emagrecer, manter o seu peso ideal ou mesmo ter uma vida mais saudável, sendo que a alimentação é um dos principais aspectos.

Também é importante fazer exercícios, mas não por obrigação e sim por prazer, escolhendo as atividades que mais gosta.

Pode ser andar de bicicleta, pular corda, correr, caminhar ou mesmo dançar. Por fim, tanto as pessoas que estão bem com o seu peso quanto as que precisam perder alguns quilos devem comer o suficiente e seguir a filosofia do comer para viver e não do viver para comer.