Skip to main content
como-fazer-uma-alimentacao-saudavel

Como Fazer uma Alimentação Saudável em Pouco Tempo e Com Saúde

Você já deve ter se deparado com a expressão alimentação saudável inúmeras vezes quando buscava informações sobre dietas, não é mesmo?

Porém, nem sempre é explicado de modo claro o que isso quer dizer, ou seja, como distinguir e até mesmo preparar uma alimentação que seja melhor em relação às outras.

No entanto, como fazer uma alimentação saudável é bastante simples e consiste em basicamente escolher para as suas refeições alimentos mais frescos, naturais e caseiros, evitando os produtos industrializados.

Ao falar sobre o mesmo assunto é possível encontrar ainda o termo alimentação equilibrada.

Veja:

Variedade de grupos alimentares

grupos-alimentares

Esse equilíbrio consiste em contar com variedade de grupos alimentares em suas refeições, sendo que todos eles são importantes, sejam os carboidratos, proteínas e mesmos as gorduras boas devem fazer parte do nosso cardápio diário.

Dessa forma, na hora de escolher os alimentos para preparar as refeições do dia a dia, o mais adequado é evitar os processados.

Ou seja, melhor do que os embutidos, como bacon, linguiça, salsicha e outros, o mais saudável é preferir os cortes magros de carne vermelha, além de peixe e frango. Ao invés de comer os queijos processados no café da manhã, opte pelos queijos brancos não processados que além de mais magros são mais saudáveis.

Quando se fala em alimentação saudável também se refere à carga nutricional dos alimentos.

 

Produtos industrializados

produtos-industrializados

Produtos industrializados passaram por diversos processos e isso fez com que eles perdessem muitos dos seus nutrientes, é o caso do arroz branco, que é muito menos nutritivo do que o integral.

Para se tornar branco ele passou por técnicas, inclusive, para tirar a sua casca.

A cor mais escura que o arroz integral possui é porque dele não foi retirada toda a sua casca, sendo que é justamente essa parte que é rica em fibras, tornando o arroz integral um alimento saudável e nutritivo.

O mesmo acontece com as farinhas brancas, por isso, a de trigo integral, aveia, cevada, milho e outras são as opções mais nutritivas.

Esses são apenas alguns exemplos e para ajudar você a fazer uma alimentação saudável todos os dias para ter maior bem estar e qualidade de vida, segue abaixo muito mais dicas para tornar todas as suas refeições mais nutritivas.

 

O que é uma alimentação saudável

o-que-e-uma-alimentacao-saudavel

Para saber o que é uma alimentação saudável é preciso conhecer os alimentos que fazem parte dela.

Se nas refeições existem legumes, verduras e frutas, então, isso é um indício de que seja nutritiva, já que todos os vegetais são saudáveis.

A melhor maneira de preparar os legumes e verduras para as refeições é deixá-los crus, sendo necessário lavá-los bem.

Quando crus, os vegetais possuem muito mais nutrientes, mas alguns, para se tornarem mais saborosos, podem ser cozidos, sendo que a melhor técnica para fazer isso é cozinhando apenas no vapor d’água. Dessa forma, eles perdem menos nutrientes do que se fossem cozidos diretamente na água.

 

Legumes em refogados

No entanto, os legumes também podem estar presentes em refogados e em demais pratos, como no arroz a grega, arroz ao forno, carreteiro, na lentilha e mesmo no feijão. Pode acompanhar também toda a variedade de comidas, como carnes em geral, massas, etc.

Outra dica para sempre preparar refeições saudáveis é usando pouco sal.

Muitas pessoas estão acostumadas a colocar sal no prato, mesmo em comidas que já foram salgadas durante o seu preparo.

Essa atitude é muito maléfica para o organismo, inclusive, quando é colocado sal na salada, a qual pode ser temperada apenas com azeite de oliva, limão e especiarias, como orégano, coentro, pimenta, etc.

As ervas também combinam com a preparação de alimentos, assim, é possível usar menos sal para dar mais gosto aos pratos.

 

Cuidado com o excesso de sal

Todo esse cuidado é importante porque a quantidade de sal que o organismo precisa diariamente é bem pouca e para suprir essa necessidade não é preciso adicionar muito sal às refeições.

Esse é outro motivo pelo qual os alimentos industrializados devem ser evitados, eles possuem alta carga de sal, já que esse mineral também tem a função de conservar por mais tempo os alimentos.

Para que a durabilidade das comidas pré-prontas, congeladas, enlatadas e outras seja ainda maior são adicionados ainda muitos outros aditivos químicos.

 

Produtos processados

Os produtos processados recebem corantes, aromatizantes e outras substâncias químicas para que a sua aparência seja “bonita” por mais tempo. Para entender melhor como isso funciona, basta ler os ingredientes no rótulo das embalagens e conferir quantos nomes estranhos você vai encontrar.

No entanto, esses produtos fazem parte da vida de muitas pessoas hoje em dia e para reduzir o seu consumo é necessário um período de adaptação.

Assim, o que você pode fazer é comprar cada vez menos e sempre ler o rótulo, buscando pelas marcas que tenham menos ingredientes na sua composição. Além disso, nem sempre uma marca famosa é a melhor.

 

Alimentação saudável para emagrecer

alimentacao-saudavel-para-emagrecer

Quem começa a ter ou já tem um cardápio mais nutritivo está no caminho certo para perder peso. Dessa forma, além de uma alimentação saudável para emagrecer é necessário que se tenha atenção à quantidade de alimento que é ingerido.

Muitas vezes, basta um simples ajuste nisso para que você consiga chegar ao seu peso ideal.

Mesmo os alimentos mais saudáveis devem ser ingeridos com moderação, porque quando comemos mais do que gastamos, o excesso é acumulado pelo organismo, em forma de quilinhos a mais. Por isso, é importante evitar a gula, ou seja, aquela vontade que temos de comer mais um pouquinho depois de já estarmos satisfeitas.

 

O hábito de comer um pouco a mais

O problema é que ao ter o hábito de comer um pouco a mais, a tendência é que esse pouco seja cada vez maior e quando você perceber está ingerindo muito mais alimentos do que precisa.

Coma a cada três horas – Uma forma de conseguir comer menos nas refeições é ingerir alimentos a cada três horas. Assim, você fica satisfeita com menos alimento e não passa fome porque em seguida poderá comer mais.

5 à 6 refeições por dia – Ter de cinco a seis refeições por dia também mantem o organismo em constante funcionamento, isto é, com o seu metabolismo acelerado, o que colabora com a queima de calorias. Além do café da manhã, almoço e janta, portanto, você pode fazer lanches nutritivos entre as principais refeições do dia.

Nesses momentos, pode comer frutas, iogurte natural semidesnatado, granola sem açúcar e pequenas porções de nozes, castanhas, amêndoas e outras oleaginosas, as quais possuem boas gorduras e, por isso, são muito importantes para o organismo.

Dicas para às frutas – Nas frutas e iogurtes você pode ainda acrescentar as sementes, como de chia, linhaça, além de aveia, amaranto, etc. Todas essas opções são ricas em fibras, as quais colaboram com o bom funcionamento do intestino, o que é essencial a quem deseja emagrecer.

As frutas também são importantes e pelo mesmo motivo, sendo que são ainda diuréticas, assim como a grande maioria dos legumes e verduras. A vantagem dessa propriedade é que ajuda a eliminar o excesso de líquido e toxinas do corpo, que são muitas vezes responsáveis pelo inchaço do abdômen e a famosa barriguinha.

 

Como fazer uma dieta saudável

como-fazer-uma-dieta-saudavel

Para saber como fazer uma dieta saudável é preciso criar mais alguns hábitos no seu dia a dia.

Um deles é de não colocar no preparo das refeições óleo de cozinha quando não for necessário, como na hora de cozinhar o arroz ou a massa. Essa atitude apenas deixa a massa mais engordura, sem nenhum propósito, muito menos nutricional.

Não use óleo de cozinha – Os óleos de cozinha de forma geral não devem ser usados de forma excessiva porque se tornam maléficos à saúde, lembrando que praticamente todos os alimentos industrializados também o possuem.

Mesmo na hora de preparar algumas carnes o óleo é desnecessário, já que até os cortes magros possuem um pouco de gordura a qual é suficiente para o seu preparo.

Não use caldo de galinha – Também é dispensável o popular caldo de galinha (ou de carne ou legumes), que além de ser rico em sal possui aditivos químicos desnecessários para a sua refeição.

Faça um molho caseiro – O mesmo vale para o extrato de tomate, nada melhor do que um molho caseiro apenas com tomate para integrar as suas receitas.

Divida seu prato em 4 partes – Já uma dica de como ter uma alimentação balanceada na hora de servir o seu prato é fazer uma divisão imaginária nele de quatro partes.

Em uma delas sirva-se com uma ou mais fontes de proteína, como:

  • Feijão
  • Carne
  • Lentilha
  • Ovos, etc;

Na segunda parte adicione fontes de carboidrato, como:

  • Massa ou arroz integral
  • Batata inglesa
  • Batata doce
  • Mandioca, etc.

Nos dois quartos restantes, você pode colocar todos os legumes e verduras que desejar, podendo ser:

  • Refogadas
  • Cruas
  • Cozidas, etc.

Também é importante adicionar a essa parte do seu prato folhas verdes, como:

  • Agrião
  • Rúcula
  • Alface, entre outras.

É necessário ainda que você coma devagar e mastigue bem todos os alimentos.

Esses são hábitos que ajudam a apreciar mais a refeição, comer apenas o suficiente e facilitar a digestão.

Como você pode ver, como fazer uma alimentação saudável não existe mistério, já que é possível comer todos os alimentos que você mais gostar, sempre buscando pelas opções menos processadas e magras para preparar as suas refeições saudáveis todos os dias.