Skip to main content
Como Faço Para Emagrecer a Barriga

Como Faço Para Emagrecer a Barriga?

Os quilinhos a mais na cintura incomodam muitas mulheres e, inevitavelmente, aparece a pergunta: como faço para emagrecer a barriga?

É importante saber que não existe nenhuma mágica para que apenas a gordura do abdômen seja eliminada, mas, quando são tomadas medidas que favorecem o emagrecimento como um todo, essa é uma das consequências.

Além disso, existem alguns hábitos e truques que facilitam a perda de peso e, assim, você também pode saber como emagrecer e secar a barriga rápido.

Um deles é ter o costume de adicionar ao seu cardápio diário os alimentos chamados termogênicos, que são aqueles que, ao serem ingeridos, fazem com que a temperatura do seu corpo aumente.

Ou seja, eles proporcionam o aceleramento do metabolismo, o que causa uma maior queima de calorias.

Os alimentos que provocam isso são as pimentas, os pimentões, a canela, o gengibre, o alho, o limão e até a água gelada. Enquanto alguns podem entrar nas receitas de variados pratos, como o alho e as pimentas, outros são perfeitos para sucos desintoxicantes.

Os sucos detox são compostos por frutas, verduras e legumes da sua preferência, sendo que o limão não pode faltar porque confere um ótimo sabor à receita. O mesmo pode ser dito do gengibre, com o qual é possível fazer chás e até temperar comidas.

Enquanto isso, a canela pode ser usada nas receitas desses sucos, mas também polvilhada em frutas e doces.

A água gelada, com a qual pode ser feito os sucos detox, também pode ser ingerida ao longo do dia. O ideal é beber em torno de dois litros de água todos os dias.

No entanto, é essencial que quem deseja perder os quilinhos a mais acumulados na cintura tenha uma alimentação saudável e equilibrada e isso em hipótese alguma significa passar fome. Saiba mais:

Leitura recomendada: A Dieta Detox Com Suas Receitas e Alimentos Detona Ou Não O Excesso De Gordura Do Corpo?

 

Dicas de como emagrecer a barriga rápido

Mesmo quando é preciso perder peso o corpo precisa ser bem abastecido com alimentos de qualidade e variedade.

Isso significa que é preciso consumir quantidades moderadas de carboidratos, proteínas e até mesmo de gorduras boas. Porém, mais importante do que a quantidade consumida é saber escolher quais são as melhores opções.

No caso dos carboidratos, o corpo precisa deles porque é a sua principal fonte de energia, mas para fazer escolhas saudáveis o mais adequado é optar pelos carboidratos complexos. Eles são menos industrializados e por isso mais nutritivos, como é o caso do arroz e da farinha integrais, como aveia, centeio e outras.

Já as melhores proteínas são aquelas vindas das carnes e queijos magros, bem como dos ovos e do leite e seus derivados.

Esse nutriente é encontrado também em altas concentrações nas leguminosas, como os feijões, lentilhas, grão de bico e outras. Por fim, as gorduras boas são as presentes em alimentos como abacate, azeite de oliva, peixes e nozes, castanhas, etc.

Ao entender como diferenciar os bons alimentos daqueles menos saudáveis é possível saber como emagrecer a barriga rápido.

Isso quer dizer que os produtos industrializados devem ser evitados ao máximo e nesse grupo entram as comidas congeladas, pré-prontas, bolachas, biscoitos, doces e tudo o mais que não for fresco ou mais caseiro.

 

Atenção especial aos alimentos diuréticos

Além disso, outra forma de diminuir as medidas do abdômen é dando uma atenção especial aos alimentos diuréticos. Eles evitam a retenção de líquidos, que deixa a barriga inchada, sendo que outro motivo para isso ocorrer é o consumo em demasia de alimentos com sal, sejam os preparados em casa ou os industrializados.

Praticamente todos os produtos industrializados, embutidos e processados são ricos em sal, bem como em açúcar e gorduras ruins para a saúde, inclusive, a gordura trans. Mas também é necessário diminuir a quantidade de sal que é colocada ao preparar as refeições em casa.

Quanto aos alimentos diuréticos, a maioria deles está no grupo dos vegetais.

As frutas que mais combatem a retenção de líquidos são:

  • Maracujá
  • Melão
  • Melancia
  • Maçã
  • Abacaxi
  • Laranja
  • Morango
  • Limão e kiwi.

Enquanto o agrião, salsão, salsinha, pepino, beterraba, pimentão, alho-poró, espinafre, aspargo e tomate são os legumes e verduras mais eficientes para eliminar os líquidos e toxinas do organismo.

O chá verde e o chá de boldo são outras opções para quem deseja combater a retenção de líquidos. A vantagem desses alimentos e chás são que todos possuem benefícios extras, como o fato de serem ricos em vitaminas e minerais diversos, além de possuírem ação antioxidante e assim serem obrigatórios na dieta de perda de barriga.

 

Leitura recomendada: Conheça A Dieta do Chá Verde Gelado Para Perder Barriga!

 

Como emagrecer a barriga em uma semana: dicas de cardápio

Cultivar bons hábitos alimentares é outro truque para reduzir a cintura, sendo que um deles muito importante é o de comer a cada três horas. Dessa forma, além do café da manhã você deve almoçar e jantar, bem como fazer lanches entre as principais refeições do dia.

Isso funciona porque dessa forma o seu corpo sempre estará queimando calorias.

A questão é que o organismo funciona bem quando recebe com frequência alimento, nesse caso, o melhor é que as porções sejam reduzidas para que não haja o consumo de comida a mais do que o necessário.

Então, como emagrecer a barriga em uma semana consiste em reduzir a quantidade do que você come por refeição, mas comer com mais frequência.

 

Nos lanches o ideal é escolher as frutas

Enquanto nas principais refeições você deve consumir todos os grupos alimentares de forma equilibrada e escolhendo as melhores opções, nos lanches o ideal é escolher as frutas, pequenas porções de oleaginosas ou frutas secas, iogurte natural ou granola.

Você pode fazer um lanche bem nutritivo e saudável comendo frutas ou iogurte com aveia ou chia.

Assim como a aveia ajuda a emagrecer porque sacia a fome por mais tempo, ao ser digerida ela também forma um gel que facilita a eliminação das gorduras. Já as sementes, assim como a chia, são versáteis e podem ser ingerida de diferentes formas, sendo que a riqueza em fibras que possuem é um dos seus principais benefícios.

Outros exemplos são as sementes de abóbora, de linhaça, de gergelim e outras. Outro alimento essencial para reduzir a barriga é o vinagre de maçã, que pode temperar as saladas. Além de contar com inúmeras vantagens para o organismo, tempera com muito sabor e ajuda a aumentar a saciedade, assim, a fome demora mais a aparecer.

 

Veja como emagrecer a barriga com exercício físico

Mesmo que uma alimentação adequada seja o ponto chave da perda de peso e por consequência da redução da barriga, não se pode negar que os exercícios são grandes aliados, ainda mais a quem deseja emagrecer rápido.

Quem não gosta de ir à academia pode caminhar ou correr, sendo que as corridas eliminam mais calorias do que muitas outras modalidades.

Já em casa é possível fazer muitas atividades, mesmo que haja pouco espaço. Basta afastar os móveis da sala e iniciar as sequências de abdominais, que são atividades que ajudam a fortalecer os músculos do abdômen.

No entanto, não basta fazer o abdominal tradicional, já que são mais eficientes para queimar calorias os laterais e com as pernas para o alto. É preciso seguir um método que traz resultados de verdade e para isso existe o Queima de 48 Horas 2.0.

 

Outros exercícios

Você pode fazer ainda flexões, polichinelo e agachamentos. Não se esqueça de alongar-se bem antes de iniciar qualquer atividade física, a fim de evitar lesões. Além disso, se você estava sedentário não exagere nos exercícios, comece com poucas séries e repetições e aumente a frequência e a intensidade de modo gradual.

Outra dica de como emagrecer na barriga é fazendo ao menos três vezes por semana os exercícios, senão, é mais difícil do resultado esperado aparecer.

De qualquer forma, não se esqueça de hidratar-se bem ao realizá-los e de vestir roupas confortáveis. Você também pode incrementar a sua academia em casa e adquirir tatame e halteres para as atividades de força.

 

Conclusão

Agora que você já sabe a resposta para a pergunta como faço para emagrecer a barriga é importante manter o foco e criar uma rotina para que possa se adaptar mais facilmente às mudanças que a reeducação alimentar exige.

A vantagem de seguir essas dicas é que ao pensar “quero emagrecer só a barriga como faço” você vai perder ainda os quilinhos indesejáveis de outras artes do corpo. É normal que, muitas vezes, a barriga seja a última a receber os resultados de uma dieta saudável e da prática de exercícios.

Isso acontece principalmente após os 30 anos, quando o metabolismo naturalmente desacelera, e no abdômen a gordura se aloja com mais facilidade. Por isso, se você perder medidas onde não gostaria, como no bumbum, por exemplo, pode apostar na musculação para deixá-lo do tamanho adequado para o seu gosto.

Além disso, depois de incluir na sua vida os bons hábitos recomenda-se que esse conhecimento não seja deixado de lado e você mantenha uma vida saudável para que os quilos que foram embora não voltem nunca mais. Com isso, você não precisa de tempos em tempos perder peso.

Quando as mudanças na dieta e nos hábitos são graduais fica mais fácil de aderir a eles e mesmo torná-los parte da sua vida. Por isso, as dietas restritivas não são indicadas, além de promover mudanças radicais elas podem causar problemas de saúde e muitas vezes a frustração em perder peso.