Skip to main content
como-diminuir-barriga-inchada

Como Diminuir a Barriga Inchada Facilmente (Passo a Passo)

Olá, se você não sabe como diminuir a barriga inchada facilmente, esse artigo então é para você. Veja um pouco do que vai aprender:

  • Por que os inchaços ocorre com mais frequência nas mulheres;
  • Quais as mudanças necessárias nos hábitos para uma reeducação alimentar simples e eficiente;
  • Quais os melhores hábitos alimentares a adotar para evitar o inchaço
  • Soluções para além dos alimentos
  • Tenha acesso as melhores sugestões de cardápio para emagrecer que são anti-inchaços

Espero que você leia-o com bastante atenção para depois implementar todas as dicas no seu dia-a-dia. Combinado? 🙂

 

Inchaço para as mulheres no período menstrual

No caso das mulheres, o inchaço pode acontecer com mais frequência no período menstrual, podendo ser considerado normal neste caso, mas ainda havendo possíveis formas de evitá-lo e aliviá-lo.

Salvo em algumas situações específicas, sentir-se e estar inchado não é uma condição normal do corpo humano.

 

O incômodo

O inchaço é uma situação que incomoda grande parte das pessoas ao redor do mundo. Isso porque uma das suas maiores causas é uma má alimentação, bem como a retenção de líquidos no corpo, quando o mesmo começa a acumular muita água.

As áreas mais comuns onde podemos inchar são a barriga, os pés, mãos e coxas.

 

A flatulência

Além da retenção de líquidos e a má alimentação, o incômodo inchaço também pode ser ocasionado pela flatulência, que não deve ser vergonha para ninguém, uma vez que todos têm, e o mau funcionamento do seu intestino.

Como você pôde ver todas as possíveis causas para o inchaço corporal são derivadas de maus hábitos e falta de cuidados essenciais com o seu organismo.

 

A solução

Porém, da mesma forma que existem diversas causas para o problema, podemos encontrar, também, muitas soluções para resolvê-lo, que vão desde uma mudança alimentar até exercícios físicos específicos para este fim.

É importante lembrar que se for feita uma combinação adequada de todos os possíveis métodos para acabar com o inchaço, o resultado conseguido será muito mais rápido efetivo.

 

Uma Reeducação Alimentar simples

Mudanças de hábitos para uma reeducação alimentar simples e eficiente é o fator sempre primordial para manter a boa saúde e o bom funcionamento do corpo.

Quando você não se alimenta de forma correta, deixando de lado alimentos saudáveis para comer um fast food ou nem comer nada, o seu corpo sente.

E responde a esta falta de alimentos saudáveis com sinais de que o organismo não está funcionando no seu melhor potencial, sendo o inchaço um destes sinais.

Por conta disso, fazer uma mudança ou adequação no seu cardápio diário pode fazer uma diferença enorme no que diz respeito ao inchaço corporal.

 

Alimentos a evitar

Infelizmente existem determinados alimentos que favorecem muito o aparecimento do inchaço no seu corpo e, por conta disso, devem ser evitados ou ter suas quantidades reduzidas na hora de consumi-los. São eles:

 

Bebidas gaseificadas

Os gases que estão presentes dentro deste tipo de bebida tendem a dilatar o estômago, o que acaba causando uma sensação desconfortável e de saciedade, mas não de forma positiva. Além disso, elas causam um inchaço temporário que só tende a agravar problemas mais frequentes.

Por possuírem altas quantidades de sódio, a possibilidade de este tipo de bebida causar inchaços é muito maior;

 

Alimentos que produzem gás

Alguns alimentos, por mais que sejam naturais, são mais difíceis de serem digeridos pelo nosso organismo, o que acaba obrigando-o a realizar o processo de fermentação para que eles sejam quebrados.

O problema se encontra na liberação de gases que acontece no momento em que estes alimentos são fermentados, que geralmente causam inchaço no corpo.

Alguns destes alimentos:

  • Brócolis
  • Couve-flor
  • Couve-manteiga
  • Batata doce
  • Ovos
  • Feijão
  • Leite e derivados.

ATENÇÃO: Alimentos ricos em açúcar também devem ser evitados;

 

Redução no consumo de sódio

Que o sal é um dos grandes vilões para o nosso organismo, isso todo mundo já está careca de saber. Mas o que muitos não sabem é que ele também é um dos grandes motivos que desencadeiam o inchaço no corpo.

Isso porque ele causa a retenção de líquidos, segurando água no organismo. O que se recomenda é evitar adicionar sal nas comidas prontas e reduzir o consumo de alimentos industrializados.

Fibras e líquidos em equilíbrio

Por mais que as fibras sejam aliadas na hora de manter o bom funcionamento do seu intestino, sem um consumo de água adequado, elas de nada servem.

Isso acontece porque se você tem um excesso de fibras no organismo sem água para digeri-las, elas ficam concentradas no complexo intestinal e levam à prisão de ventre, uma das causadoras do inchaço.

 

Como diminuir o estômago inchado

Da mesma forma que existem hábitos e alimentos que, se adotados e consumidos, favorecem a ocorrência do inchaço no corpo, também existem coisas simples que você pode fazer no seu dia-a-dia para diminuir o estômago inchado. Veja:

 

Evite exageros nas refeições

Se você tem o hábito de comer em grandes quantidades nas suas refeições, talvez esteja na hora de rever os seus hábitos e passar a reduzir as porções.

Isso porque, além de propiciar aquela sensação desconfortável de estômago cheio, esses exageros podem ser grandes contribuintes para sobrecarregar o trato gastrointestinal, o que dificulta a digestão como um todo.

 

Capriche na mastigação

Com a correria, muitos acabam comendo tão rápido que mal conseguimos sentir o gosto do alimento.
Esta mastigação corrida prejudica a digestão porque manda o alimento para ser digerido sem que o mesmo esteja pequeno o suficiente.

O bolo fecal chega ao intestino contendo alimentos mal digeridos, o que acaba ocasionando a prisão de ventre, gerando o inchaço;

 

Consuma mais proteínas magras

Alimentos que contém proteínas com um teor de gordura menor (ovos, queijos magros e carne branca) têm ação diurética que ajuda o organismo a eliminar a água que está em excesso no corpo.

Ainda assim, a adição destes alimentos no cardápio deve ser moderada, uma vez que proteínas em excesso podem intoxicar o organismo;

 

Incorpore o chá nas suas refeições

Por possuírem ação diurética, os chás auxiliam na eliminação das toxinas que podem estar retidas no corpo, o que reduz o inchaço e limpa o organismo. Os melhores chás para auxiliar nesta limpeza são

  • Chá de hibisco
  • Chá verde
  • Chá de cavalinha
  • Chá branco

Coma mais legumes

  • Eles auxiliam na digestão por possuírem boas quantidades de fibra e, ao mesmo tempo, de água, o que ajuda a manter o equilíbrio entre os dois, evitando a prisão de ventre;
  • Acrescente óleos como os de girassol e de trigo às suas receitas diárias;
  • Consuma mais grãos (como soja e lentilha);

 

Soluções para além dos alimentos

Ainda que comer seja a chave para resolver ou complicar a vida de qualquer pessoa, existem soluções alternativas à alimentação que também podem ajudar a melhorar o inchaço.

Vale sempre lembrar que combinar técnicas e soluções não alimentares com uma alimentação mais saudável e direcionada é o ponto chave para resolver qualquer problema que você possa estar sofrendo, inclusive o inchaço.

 

A estética também pode ajudar

Fazer drenagem linfática com alguma frequência pode ser a solução que você precisava para acabar com os seus problemas de inchaço.

Ainda que este procedimento seja mais conhecido por acabar com a celulite, ele também pode auxiliar na redução do inchaço, uma vez que age no combate à retenção de líquidos.

Além disso, a drenagem melhora a circulação como um todo e relaxa os músculos.

Fazendo com alguma frequência, em alguns meses veem-se resultados e melhoras tanto no inchaço quanto em outras coisas, como as celulites e varizes.

 

Os exercícios são amigos

Por mais que pareça óbvio, sempre vale ressaltar que se exercitar é essencial para manter a boa saúde do organismo como um todo. E obviamente que não levar uma vida de sedentarismo contribuirá para que o corpo não fique inchado.

Porém, se você já sofre de inchaço e não pratica quaisquer exercícios físicos, talvez seja a hora de procurar alguma atividade que lhe agrade para poder começar a mexer o corpo.

Além da liberação da endorfina, hormônio que traz sensação de prazer e alegria, ao se exercitar você estimula toda a circulação de oxigênio no seu corpo e consegue controlar o fluxo dos líquidos e dos nutrientes que estão passando pelo seu organismo.

 

Quais os exercícios mais indicados

Os exercícios mais indicados para este fim são os aeróbicos, como corrida, andar de bicicleta e ginástica. Geralmente a situação de inchaço corporal é causada por má alimentação e falta de exercícios.

Porém, pode acontecer de o seu inchaço ser causado por algum problema mais grave, portanto é importante saber quais podem ser as possíveis outras causas para o inchaço.  Quem sofre de problemas de cunho cardíaco, renal ou hepático pode sofrer de inchaço.

Então se você já mudou a alimentação e os maus hábitos, mas ainda assim não teve resultado, consultar um médico para checar a verdadeira razão do seu inchaço é imprescindível. Doenças relacionadas à tireoide podem provocar edemas específicos:

  • Que podem ser confundidos com um inchaço ocasional;

Ingestão de alguns tipos de remédios:

Medicamentos para hipertensão, por exemplo, alteram os vasos sanguíneos em sua permeabilidade, o que contribui para a ocorrência de inchaços;

 

Inflamações

Parecidas com as que comumente ocorrem nas reações alérgicas que alteram a capacidade dos vasos, estes acabam tendo a sua capacidade de extravasar líquidos alterada, o que contribui para a retenção e, consequentemente, para o inchaço;

 

Sugestão de cardápio para emagrecer anti-inchaço

Por mais que as dicas dadas no artigo não sejam as mais difíceis de seguir, muitas pessoas sentem dificuldade em aplicá-las por conta própria.

Por isso, elaboramos uma sugestão de cardápio para emagrecer anti-inchaço que vai lhe ajudar a ter um rumo para mudar os seus hábitos e passar a condicioná-los para a melhoria do funcionamento do seu organismo como um todo, não somente para acabar com o inchaço.

Ressaltamos que você pode ficar à vontade para consultar o seu nutricionista, mostrar o cardápio, pedir alterações e equivalências, bem como montar o seu próprio cardápio anti-inchaço com o seu profissional de nutrição de confiança.

 

Cardápio Anti-inchaço

Café da manhã

  • Duas fatias de pão integral
  • Uma fatia de ricota
  • Suco anti-inchaço: 250ml de suco de melancia, misturado com água de coco e limão

 

Lanche da manhã

  • Uma xícara de chá verde ou chá branco

 

Almoço

  • Salada com alface, pepino e brotos de feijão e alfafa à vontade, temperada com uma colher de azeite extravirgem
  • Três colheres de sopa de arroz integral
  • Um filé de salmão assado com raspas de laranja
  • Duas fatias de abacaxi com raspas de limão

 

Lanche da tarde

Suco anti-inchaço 2:

300ml de suco de maçã, misturado com água de coco, gengibre e farinha de linhaça dourada. Para preparar, basta bater tudo no liquidificador e coar depois;

 

Jantar

  • Mix de folhas verdes a gosto (alface, mostarda, agrião e rúcula), temperada com uma colher de azeite extra virgem
  • Um filé de frango empanado com flocos de aveia e assado
  • Uma fatia de melão

 

Ceia

  • Uma xícara de chá de hibisco

 

Procurar um Nutricionista

Este é um cardápio relativamente simples, para apenas um dia.

Por isso, a sugestão de procurar um nutricionista para adaptá-lo e adequá-lo às suas necessidades diárias é muito boa, porque além de realizar os ajustes que se façam necessários, ele também pode fazer ampliações e estender o estilo do cardápio por mais uma semana, por exemplo.

Desta forma, a redução do inchaço se torna algo mais fácil de alcançar, uma vez que você tem um cardápio maior para seguir, juntamente com as recomendações feitas neste artigo:

Quais alimentos evitar, quais você pode – e deve – incluir na dieta, bem como quais exercícios físicos você pode fazer para melhorar o seu condicionamento físico e acabar de vez com o inchaço.

É importante também colocar que, por mais que este seja um cardápio generalizado, é possível que ele não dê resultados se você o adotar. Isso porque cada organismo é único e reage às mudanças de hábitos físicos e alimentares de uma forma.
Pode dar certo com outras pessoas e não com você

Neste caso, procurar por um nutricionista se torna imprescindível, já que dietas generalizadas não funcionam no seu organismo, talvez ele precise de algo mais direcionado e específico para ele.

 

É também importante saber que cada organismo tem um tempo de resposta diferente:

Talvez o seu corpo demore mais a responder às mudanças, mas isso não quer dizer que ele não vá reagir; apenas significa que o tempo dele é diferente e que você precisará ter paciência com ele para obter resultados significativos na redução do inchaço no seu corpo.

 

Você viu quanto conteúdo? Espero que esse artigo sobre como diminuir a barriga inchada facilmente tenha sido e que você comece a colocar em prática o quanto antes.